Apagão no Rio de Janeiro dura mais de 40 horas

·2 minuto de leitura
Medidor de eletricidade iluminado pela luz de uma vela
Moradores e comerciantes relataram prejuízos
(Getty Images)
  • Moradores da Zona Norte do Rio de Janeiro estão sem luz há mais de 40h 

  • Problema foi causado por conta de um vendaval que afetou a região nesta terça-feira, 21 

  • A Light, companhia de energia elétrica, informou que está trabalhando para resolver a situação

Depois de enfrentarem um vendaval nesta terça-feira, 21, os moradores da Zona Norte do Rio de Janeiro encararam um apagão que já dura 40 horas. Os bairros de Vila Isabel, Méier, Andaraí e do Complexo do Alemão são os mais afetados. No Grajaú, o problema foi resolvido no começo da manhã desta quinta-feira, 22.

O G1 conversou com alguns moradores do local e, após a publicação da reportagem, uma equipe da Light reestabeleceu a energia na região em que mora Antônio Carlos, síndico de um prédio na Praça Edmundo Rêgo. “Moro aqui há 35 anos e nunca passei por isso. Já ficamos cinco ou seis horas sem luz, mas nunca tanto tempo assim”, disse ao portal.

Leia também:

A dona de uma sorveteria também se mostrou preocupada, principalmente porque já estima o tamanho do prejuízo que tomou. “A gente perdeu material e calcula que cerca de quatro ou cinco freezers, porque o real prejuízo a gente só vai conseguir calcular quando a luz voltar para ver quantos freezers a gente perdeu, o que vai ter que fazer manutenção", lamentou.

De acordo com a Light, a equipe foi reforçada e conta com 640 profissionais trabalhando para resolver o quanto antes a falta de energia elétrica. A companhia ainda informou que está enfrentando dificuldades devido ao grande número de árvores que caíram sobre a fiação.

Este é um outro problema que a cidade está tendo. A Prefeitura do Rio admitiu que o orçamento para poda de árvores caiu mais de R$ 1 milhão nos últimos dois. Atualmente, R$ 7,48 milhões são destinados à atividade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos