Área da tecnologia tem apenas 26% de mulheres

·1 minuto de leitura
Woman working on computer in her home office during pandemic quarantine.
Apesar de representar 45% do mercado formal de trabalho, apenas 26% das pessoas que trabalham com tecnologia são mulheres (Getty Image)
  • Apesar do crescimento exponencial, a área ainda emprega mais homens no mercado formal

  • Tanto Brasil quanto Estados Unidos têm dificuldade em promover equidade de gênero no setor

  • No Brasil, 107 mil pessoas foram contratadas nos último ano

O setor da tecnologia é um dos que mais crescem ao redor do mundo. No entanto, a área ainda é dominada por profissionais do gênero masculino. Ao mesmo passo em que mulheres representam 45% do mercado formal de trabalho, apenas 26% das trabalhadoras das áreas de ciência, engenharia e tecnologia são do gênero feminino, de acordo com um estudo financiado pelo International Development Research Centre (IDRC).

Leia também:

A dificuldade em ingressar no campo tecnológico não acontece apenas no Brasil. Nos Estados Unidos, 76% dos profissionais da área são homens. Ou seja, o Brasil ultrapassa os norte-americanos em 2% no número de trabalhadoras empregadas.

Na última apuração sobre o setor, empregos na área de inovação tecnológica representavam 2,8% do mercado. Já em terras estadunidenses, vagas em tecnologia já emprega 8,6% das pessoas, o que representa 5,7% do empregos gerados no país.

O setor de TI no Brasil

De acordo com o IBGE, o setor de tecnologia da informação (TI) registou um aumento de 5,6% apenas no primeiro trimestre deste ano. Estimativas apontam que até 2024 serão gerados até 420 mil novos postos de emprego na área. No mercado brasileiro, 107 mil pessoas foram contratadas nos últimos doze meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos