Apesar de apelo da torcida do Flamengo, Rodinei pega carona na lista de Tite para definir destino

"Fica, Rodinei". O canto da torcida do Flamengo antes e depois da entrada do lateral na derrota para o Corinthians, no Maracanã, veio tarde demais. O jogador e seus representantes pegaram o embalo dos títulos da Copa do Brasil e da Libertadores, e acrescentaram a presença na lista larga de Tite enviada à Fifa para a Copa do Mundo para definir o próximo clube.

Há informações de um acerto encaminhado com outra equipe da Série A. E sabe-se que Atlético-MG, Grêmio e Botafogo estavam interessados. O primeiro ainda é o favorito, já que o clube gaúcho tem situação financeira ainda complicada, apesar do pedido do técnico Renato Gaúcho pelo jogador. Já o Botafogo corre por fora, mantém contatos como os demais, e aguarda a definição.

Tudo passa pela melhor proposta por Rodinei agora em alta no mercado nacional. Com a divulgação da presença na lista de 55 nomes da seleção brasileira e a chance remota de ir ao Catar, seu agente, Ricardo Scheidt, não tem pressa, muito menos o jogador, que deixou claro que não fechou com ninguém ainda.

No Flamengo, Rodinei tem salário baixo, e quer um aumento considerável e um novo contrato longo depois de dezembro, mas o clube acha que o ciclo acabou e sequer há negociação.

Aos 31 anos, o lateral tem a chance de elevar seu patamar financeiro agora que vive uma boa fase. Por isso, se a ideia era esperar a disputa das finais pelo Flamengo, agora o futuro vai passar pela convocaçao de Tite na próxima semana, dia 7, quando Rodinei terá certeza se vai a Copa e podera enfim eleger seu destino.