Apesar de oposição da empresa, funcionários de loja da Apple votam pela criação de sindicato

A maioria dos funcionários de uma Apple Store dos EUA votou a favor pela formação um sindicato, o primeiro da gigante da tecnologia, que até agora tentou desencorajar as tentativas de sindicalização. Dos 110 funcionários da loja de Towson, Maryland, 65 votaram a favor e 33 contra, de acordo com a contagem transmitida ao vivo no sábado (18) pela agência federal responsável pela supervisão da votação.

Um grupo de funcionários chamado AppleCORE (Coalition of Apple Retail Employees) fez campanha pela sindicalização. Eles exigem que os empregados possam ter decisão ativa nos salários, horas e medidas de segurança.

Esta não foi primeira Apple Store a tentar se sindicalizar, mas foi a primeira tentativa que resultou em votação. A diretora de distribuição e recursos humanos da Apple, Deirdre O'Brien, visitou a loja em maio para conversar com os funcionários.

"É direito de vocês se filiar a um sindicato, mas também é direito não se filiar a um sindicato", disse ela a eles, de acordo com um trecho de áudio transmitido pelo site Vice. Ela havia garantido que a presença de um intermediário complicaria o relacionamento entre a Apple e seus funcionários. A Apple recusou-se a comentar a notícia.

Passo a passo

Em declínio há várias décadas, os sindicatos conquistaram várias vitórias simbólicas nos Estados Unidos nos últimos meses, começando com o apoio explícito de Joe Biden.

A criação do primeiro sindicato em um café Starbucks administrado diretamente pela rede nos Estados Unidos em dezembro despertou entusiasmo enquanto funcionários, muitas vezes jovens, se mobilizavam em ONGs, universidades, museus, mídia.


Leia mais

Leia também:
Itália aplica multa recorde de R$ 7 bilhões contra Amazon por abusar de liderança no mercado
Starbucks fecha 8.000 cafés por um dia para formar funcionários contra o racismo
EUA: Gigantes digitais sairão da pandemia mais fortes do que entraram, diz comissão antitruste

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos