Aplicativo FGTS ganha serviço que autoriza banco a consultar dados de conta para uso no financiamento da casa própria

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Fotoarena / Agência O Globo
Foto: Fotoarena / Agência O Globo

A Caixa Econômica Federal publicou uma nova versão do Manual da Moradia Própria, que regulamenta o uso dos recursos da conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em moradia própria. Uma das novidades que o documento traz é a disponibilização, no aplicativo FGTS, de um serviço que autoriza o agente financeiro a consultar dados de contas para esse uso.

Viu isso?

Além de poder ser utilizado na compra de imóvel próprio, o FGTS pode amortizar o saldo devedor dos financiamentos habitacionais, de dois em dois anos. No caso de um casal que tenha assinado o financiamento, por exemplo, a contagem de tempo é separada para o titular e a outra parte responsável pelo contrato. Se o titular usou seu FGTS para reduzir o valor das parcelas há menos de dois anos, a outra parte pode usar o saldo de suas contas no fundo para nova amortização ou liquidação, desde que atenda aos demais requisitos para a modalidade.

Confira:

Segundo o manual, o agente financeiro autorizado poderá consultar os dados cadastrais do trabalhador, a sua última remuneração e o valor do saldo disponível para uso nas operações concedidas no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Essa permissão terá validade de 90 dias, mas poderá ser cancelada ou renovada a qualquer momento.

O aplicativo FGTS está disponível na loja de aplicativos dos celulares Android e IOS.