Apoiadores de Bolsonaro, Gusttavo Lima e Leonardo cancelam shows devido a bloqueios em estradas

Principal apoio cultural à reeleição de Jair Bolsonaro à presidência da República, astros sertanejos anunciaram nesta terça-feira (1) o cancelamento de shows devido a bloqueios ilegais de bolsonaristas em estradas contra o resultado das eleições. Por suas redes sociais, Gusttavo Lima, Leonardo e a dupla George Henrique e Rodrigo avisaram aos fãs que seus próximos compromissos seriam desmarcados.

Gusttavo Lima, Leonardo e George Henrique foram alguns dos nomes do gênero musical que prestaram seu apoio a Bolsonaro no encontro com o presidente no Palácio da Alvorada, no dia 17 do mês passado, em plena campanha do segundo turno. Outros nomes foram Zezé Di Camargo, Fernando (da dupla com Sorocaba), Marrone, Sula Miranda e Chitãozinho.

Gusttavo Lima cantaria em Canaã dos Carajás (PA). Em seus stories no Instagram, o cantor anunciou que "a decisão foi tomada em virtude das paralizações (SIC) que ocorrem nas rodovias que dão acesso à cidade e que impedem a chegada ao local em tempo hábil." Não há informações sobre reagendamento do show.

Leonardo faria show em Criciúma (SC) nesta terça-feira, e a produtora X9 Promoções informou que "devido à questão da paralisação dos caminhoneiros, ficou impossibilitada a logística do show", remarcando a apresentação para o dia 1º de dezembro.

Já George Henrique e Rodrigo cantariam em Balneário Camboriú (SC). Em seus stories, a dupla postou vídeo do ônibus da equipe preso em um bloqueio próximo a Embu das Artes (SP) e, em seguida, um comunicado com o adiamento do show para o dia 3 de novembro.