Apoiadores chegam à Esplanada dos Ministérios para posse de Lula e enfrentam fila

Apoiadores de Lula fazem fila para adentrar Esplanada dos Ministérios já nas primeiras horas do dia; Petista toma posse neste domingo (01) para terceiro governo - Foto: Reprodução
Apoiadores de Lula fazem fila para adentrar Esplanada dos Ministérios já nas primeiras horas do dia; Petista toma posse neste domingo (01) para terceiro governo - Foto: Reprodução

Centenas de pessoas começam a tomar a Esplanada dos Ministérios na manhã deste domingo (1º) para assistir à posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

As filas para revista na entrada do local já reuniam centenas de apoiadores antes das 8h, com intenso fluxo de pessoas chegando nas proximidades da rodoviária central de Brasília para acessar a Esplanada. Homens e mulheres são divididos em filas para passar pela inspeção de segurança.

Autoridades do Governo do Distrito Federal e integrantes do grupo de transição avaliam que o evento na capital federal deve receber cerca de 300 mil pessoas, que tomaram a capital federal divididas entre a euforia e o receio, em razão dos recentes episódios de violência e das ameaças de ataque terrorista.

Cerca de 50 mil pessoas de outras cidades se cadastraram no PT para informar que participariam da cerimônia de posse.

Para acomodar os apoiadores, o partido conseguiu autorização para usar escolas públicas como alojamento e distribuiu o restante do grupo em barracas no Parque da Cidade, no estádio Mané Garrincha e na Granja do Torto.

Para a posse, mais de 60 delegações de outros países estão confirmadas no evento, que contará com a presença de ao menos 30 chefes de Estado.

A Inframérica, que administra o aeroporto de Brasília, estima que cerca de 150 mil passageiros passem pelo local de 30 de dezembro a 2 de janeiro.

Além dos ritos tradicionais, como o desfile do presidente e do vice eleitos pela Esplanada dos Ministérios e a colocação da faixa, a cerimônia conta também com um festival de música com mais de 50 atrações.

O evento -batizado de Festival do Futuro— trouxe para Brasília shows de artistas de samba, pop, funk e MPB, como Martinho da Vila, Odair José, Maria Rita, Chico César, Geraldo Azevedo e Pablo Vittar.