Apoio a militares na política diminui, aponta PoderData

Soldados do Exército brasileiro durante desfile militar em comemoração à Independência do Brasil em Salvador. Foto tirada em 7 de setembro, de 2014. (Foto: Getty Images)
Soldados do Exército brasileiro durante desfile militar em comemoração à Independência do Brasil em Salvador. Foto tirada em 7 de setembro, de 2014. (Foto: Getty Images)

O apoio da população à presença de militares no governo e na política caiu cinco pontos percentuais em um período de quatro meses.

Segundo pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira (18), 38% afirmam ser positiva a presença de integrantes das Forças Armadas na política do país. Em abril, esse número era de 43%.

Ainda de acordo com o levantamento, 47% dos brasileiros acredita que a atuação de militares na administração é “ruim para o Brasil”.

Só 3% acreditam não afetar o país, e outros 11% não souberam responder.

A pesquisa PoderData foi feita entre 14 e 16 de agosto deste ano, por meio de ligações para celulares e telefones fixos.

Foram 3.500 entrevistas em 331 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-02548/2022.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)