Apoio dividido

Diversas pessoas seguiram para a porta da sede da Polícia Federal em Curitiba, neste sábado, durante o interrogatório do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Enquanto alguns demonstraram apoio ao presidente Jair Bolsonaro, acusado por Moro de tentar intervir em investigações policiais, outros apoiaram a Lava Jato.