Após acordo com o MP, Prevent Senior admite que mentiu ao divulgar a eficácia do “kit covid”

·1 min de leitura
The logo of Prevent Senior hospital chain is seen in Sao Paulo, Brazil September 28, 2021. REUTERS/Amanda Perobelli
Prevent Senior fez acordo com o Ministério Público de São Paulo e admitiu que mentiu sobre medicamentos do "kit covid" (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
  • Prevent Senior admitiu que mentiu sobre eficácia do "kit covid"

  • Comunicado foi emitido pela empresa à colaboradores após acordo com o Ministério Público de São Paulo

  • Empresa se comprometeu a parar de distribuir o "kit covid"

A Prevent Senior enviou um comunicado aos associados e à comunidade admitindo que mentiu ao divulgar a eficácia de medicamentos que fazia parte do chamado “kit covid”, como a cloroquina. O anúncio à comunidade foi feito na última segunda-feira (29).

O comunicado faz parte do Termo de Ajuste de Conduta, feito pela Promotoria de Saúde do Ministério Público de São Paulo. O texto foi revelado pelo portal g1.

“Os resultados divulgados pela empresa ou por terceiros acerca da eficácia da cloroquina e hidroxicloroquina não correspondiam efetivamente a uma pesquisa científica, limitando-se a dados obtidos internamente para fins estatísticos, sem qualquer tipo de viés científico”, admite a empresa no texto.

A Prevent Senior também assumiu que não teve autorização do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa para realizar estudos científicos para atestas a eficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina contra a covid-19.

Há ainda outros itens no documento, entre eles, o compromisso de que a Prevent Senir deixe de distribuir o “kit covid”, com medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina, flutamida, etarnecept, azitromiana, oseltamivir, ivernectina, nitazoxanida, colchicina, zrtzco, corticoides, vitaminas e anticoagulantes.

No documento, a empresa afirmou que está colaborando com as investigações conduzidas pelas autoridades competentes.

Leia o comunicado na íntegra:

"Prevent Senior firma importante acordo com o MP

A Prevent Senior continua e continuará prestando a assistência necessária aos beneficiários, visando sempre a segurança e qualidade dos atendimentos.

Ao longo desta pandemia, foram investidos R$ 350 milhões em novas unidades e equipamentos. Os planos de investimento e aprimoramento da qualidade continuam. Vamos inaugurar cinco novas unidades hospitalares em São Paulo, para melhor atender nossos clientes até o final de 2022.

Seguindo o compromisso com a ética e transparência que sempre norteou a nossa atuação, a Prevent Senior vem a público esclarecer que foi firmado com o Ministério Público do Estado de São Paulo um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no dia 22 de outubro de 2021.

O TAC consiste em um instrumento jurídico por meio do qual a empresa se compromete a rever e eventualmente ajustar determinadas ações. O referido instrumento, ao mesmo tempo, reforça a boa-fé e a constante busca pelo aprimoramento dos procedimentos internos por parte da empresa.

Como pactuado, a Prevent Senior se compromete a divulgar, neste comunicado, o que segue:

  • Os resultados divulgados pela empresa ou por terceiros acerca da eficácia da cloroquina e hidroxicloroquina não correspondiam efetivamente a uma pesquisa científica, limitando-se a dados obtidos internamente para fins estatísticos, sem qualquer tipo de viés científico;

  • A Prevent Senior não obteve autorização do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) para a realização de estudos científicos envolvendo a cloroquina e a hidroxicloroquina;

  • Inexiste a conclusão de qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que conclua pela eficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina ou de demais medicamentos do denominado “kit Covid”, para tratamento da COVID-19;

  • Inexiste qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que ateste a eficácia de algum tipo de tratamento precoce ou preventivo para pacientes suspeitos, confirmados ou mesmo sem COVID-19.

Vale mencionar que a Prevent Senior segue colaborando com as investigações conduzidas pelas autoridades competentes no contexto de sua atuação frente à pandemia da Covid-19."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos