Após Anvisa "esquecer" de mandar e-mail, Ministério da Saúde falta à reunião emergencial

Novo ministro da Saude, Marcelo Queiroga, ao lado do ex-ministro, Eduardo Pazuello
Ministério da Saúde deveria ter enviado representante. O esperado era o coronel Luiz Otávio Franco Duarte (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)
  • Nesta terça-feira (23), aconteceu reunião para falar sobre kit intubação para os estados

  • Representante do Ministério da Saúde não apareceu

  • Encontro teria acontecido no domingo, mas Anvisa "esqueceu" e-mail de confirmação

O Ministério da Saúde não compareceu a uma reunião da Comissão de Enfrentamento à covid-19 na Câmara dos Deputados. O encontro aconteceu nesta terça-feira (23) e tratou da falta de kit intubação e oxigênio nos hospitais do país.

A expectativa era de que o coronel Luiz Otávio Franco Duarte, secretário de Atenção Especialista à Saúde, fosse ao encontro, mas ele não compareceu. A informação foi revelada pela coluna do jornalista Guilherme Amado, da Época.

Estiveram no encontro secretários estaduais e municipais de Saúde, a empresa White Martins, fornecedora de oxigênio, a Anvisa e representantes de hospitais e de farmacêuticas.

Leia também:

O Ministério da Saúde não informou o motivo da ausência do coronel Luiz Otávio Franco Duarte.

A reunião é a mesma que deveria ter acontecido no último domingo (21). Porém, de acordo com a coluna da jornalista Mônica Bergamo, o encontro foi cancelado porque a Agência não enviou o e-mail que deveria confirmar horário e convocar os representantes para a reunião.

Segundo a coluna, a conversa foi acertada verbalmente no sábado (20) e participariam diretores da agência, representantes do Ministério da Saúde, da indústria, o Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) e o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), que representa os estados.

Os participantes teriam ficado esperando o e-mail de confirmação da reunião, ou mesmo um telefonema. No entanto, segundo o Consasems e o Conass, o comunicado da Anvisa não chegou.

A reunião foi remarcada para terça-feira, mas não teve a presença do representante do Ministério da Saúde.