Após ataque em Aracruz, escola em Colatina, também no ES, registra 3º atentado do dia

Escola de 1º Grau Cleres Martins Moreira, onde aconteceu o incidente
(Foto: Reprodução/ Google Maps)
Escola de 1º Grau Cleres Martins Moreira, onde aconteceu o incidente (Foto: Reprodução/ Google Maps)
  • Espírito Santo registra terceiro ataque em escola nesta sexta-feira (25);

  • Em Colatina, um adolescente feriu, de forma aleatória, quatro pessoas com um estilete;

  • Incidente não tem relação com o atentado nas duas escolas de Aracruz, onde 3 pessoas morreram.

Após um atirador invadir duas escolas em Aracruz, outro colégio no Espírito Santo foi alvo de um ataque. A escola de ensino fundamental fica no município de Colatina e, segundo as primeiras informações, o autor é um adolescente de 15 anos que feriu três estudantes e um estagiário com um estilete.

Conforme apurado pelo UOL, o crime aconteceu na Escola de 1º Grau Cleres Martins Moreira, no bairro São Vicente, e não tem nenhuma relação com o ocorrido em Aracruz – que deixou ao menos 3 mortos e 11 feridos.

Segundo a Sesp (Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social), o jovem atacou os colegas de forma aleatória ao término do recreio. Um estagiário e um professor da unidade o seguraram e acabaram atingidos, mas não precisaram de atendimento médico.

Os feridos pelo estilete foram para unidades de saúde da região por meios próprios.

A mãe do autor do ataque informou à Polícia Militar que o filho tem laudos que comprovam problemas relacionados à saúde mental. Ambos foram encaminhados à Delegacia Regional de Colatina, onde a ocorrência ainda está sendo apurada.

Em nota, a secretaria de educação de Colatina confirmou a suspensão de aulas em toda a rede municipal nesta sexta-feira (25), informou que os fatos estão sendo apurados e deixou a solidariedade às vítimas de Aracruz.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Terceiro ataque em escolas no Espírito Santo

O incidente envolvendo a escola Cleres Martins Moreira foi o terceiro registrado em colégios no Espírito Santo somente hoje. Pela manhã, um atirador invadiu duas escolas, deixando ao menos 3 mortos e 11 feridos.

O criminoso entrou primeiro na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Primo Bitti, vitimando dois professores. Em seguida, ele se dirigiu à escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, onde matou um aluno.

A identidade dos envolvidos não foi divulgada. Imagens de umacâmara de segurança mostram o momento em que o homem entrou em uma das escolas.O caso gerou comoção e políticos – como o governador do ES, Renato Casagrande (PSB), o presidente eleito Lula (PT) – se pronunciaram nas redes sociais. As aulas também foram suspensas na cidade.

O criminoso fugiu em um carro, mas foi encontrado nesta tarde. Em nota, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou a prisão do atirador em Aracruz por volta das 14h10.