Após aumentar limite de velocidade, Dória culpa imprudência por mortes nas marginais

Foto: Charles Sholl/Futura Press

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que um acidente que matou um motociclista na marginal Tietê não tem relação com o aumento de velocidade na via. Segundo ele, “é preciso que motociclistas tenham maior prudência” no trânsito da capital.

“Mais de 80% dos acidentes que ocorreram de janeiro para cá envolveram motocicletas. É preciso que os motociclistas tenham maior prudência nas vias expressas da cidade. Os acidentes não acontecem só nas marginais. Acontecem em outros áreas da cidade também”, afirmou ao jornal Destak.

De acordo com o jornal, o secretário municipal dos Transportes, Sergio Avelleda, também alega que as mortes de motociclistas nas marginais não têm relação com a mudança do limite de velocidade.

ESTATÍSTICAS

Segundo a Polícia Militar, de janeiro a 23 de abril, sete motociclistas morreram em acidentes nas marginais, número que já é 46,6% do total de 2016, quando 15 morreram.

Em 2015, 17 motociclistas morreram nas marginais.