Após AVC, João Santana envia vídeo trabalhando do hospital na campanha de Ciro

Marqueteiro de Ciro, João Santana foi internado nesta quarta após sofrer o princípio de um AVC. (Foto: Reprodução/YouTube/TV Cultura)
Marqueteiro de Ciro, João Santana foi internado nesta quarta após sofrer o princípio de um AVC. (Foto: Reprodução/YouTube/TV Cultura)

O marqueteiro João Santana sofreu um princípio de AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mas, para deixar claro que já passa bem, enviou um vídeo, que foi publicado nas redes sociais de Ciro Gomes (PDT), em que diz estar “escrevendo umas coisinhas”.

“Alô, Ciro e Gisele! Estou aqui me recuperando, já estou bem. Já estou aqui, com autorização médica, escrevendo umas coisinhas”, diz o marqueteiro. Santana pede boas vibrações e orações e que Ciro, que estará na Bahia, estado natal do publicitário, avise aos amigos dele que, em breve, João estará “jogando capoeira”.

O marqueteiro está internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, após sofrer um princípio de AVC. Ele deu entrada na unidade médica na terça-feira. Santanta, de 69 anos, é responsável pela campanha eleitoral do candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes.

“Meu amigo João Santana teve um princípio de AVC, mas, como grande guerreiro que é, já superou o susto. Mesmo do hospital não parou um minuto e nos mandou este humorado vídeo. Ele segue conosco firme e forte na batalha pelo Brasil!”, escreveu Ciro na publicação do vídeo.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

João Santana foi contratado pelo PDT em 2021, para trabalhar na campanha do pedetista. Antes disso, havia sido o marqueteiro oficial do PT, coordenando as de Lula, em 2006, e de Dilma Rousseff em 2010 e em 2014.

O publicitário foi condenado na Operação Lava Jato a uma pena de 7 anos e 6 meses por lavagem de dinheiro. Ele cumpriu cerca de um ano e meio de reclusão no regime fechado, com uso de tornozeleira, após um acordo de delação premiada.

Em 2020, João Santana deu uma entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, onde avaliou que a candidatura de esquerda com maior chance de ser eleita seria uma chapa encabeçada por Ciro com Lula como candidato a vice.