Após blackface, participante de reality se desculpa: "Envergonhado e arrependido"

Participante se desculpou após ato racista (Foto: Reprodução/Globo)
Participante se desculpou após ato racista (Foto: Reprodução/Globo)

Anderrupson, participante do "Jogo de Panelas", pediu desculpa ao vivo no "Mais Você" desta segunda-feira (23), após fazer um blackface no jantar que fazia referência à África. Na ocasião, o brasiliense afirmou que "ama pessoas negras" e sofreu um "golpe duro ao ser taxado de racista" na internet.

"Quem carrega essa maldade no coração merece, eu não sou e tenho minha consciência limpa (...) Fiquei muito envergonhado, muito arrependido", disse ele, que pediu licença para ler um texto ao vivo. Ana Maria Braga, que já havia repudiado o ato na sexta-feira (20), autorizou o participante a fazer a leitura.

"Pratiquei blackface sem o mínimo de conhecimento. Não sou eu a vítima, fui agressor inconsciente, mas fui. Quero me solidarizar com todos que sofrem racismo no mundo. Aqui deixo um adendo: para o racismo não deve haver livre arbítrio e sequer politicamente correto. Deve ser combatido de forma intolerante. Você que me assiste agora, não permita nenhuma prática racista em sua casa, evento ou qualquer outro local. Pergunte se a pessoa tem conhecimento de qualquer ato racista e se ela disser que sim, e mesmo assim querer justificar, coloque-o da porta para fora. Não deixe o racismo entrar", disse Anderrupson.

Percebendo que o clima estava tenso e o convidado tremia enquanto fazia a leitura, Ana Maria Braga se levantou para abraçá-lo. A apresentadora lembrou que também já cometeu vários erros, mas o importante é ter a humildade de reconhecer e mudar.

"Sei que ele está nervoso. Obrigada por vir aqui se retratar. É muito nobre. Todo mundo pode errar. Reconhecer o erro é uma coisa que enaltece o ser humano. Nunca tive vergonha. Erro bastante, faço programa ao vivo há quase 30 anos e já errei muito. Todas as vezes que errei, eu reconheci. Mudei de ideia. Com conhecimento, você aprende e fala 'pensava assim, agora entendi melhor e penso diferente'", defendeu ela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos