Após casamento, Muda decide não transar com Tibério em "Pantanal"; entenda

Muda e Tibério em
Muda e Tibério em "Pantanal" (Reprodução Globo)

Uma cena tensa durante o casamento de Muda (Bella Campos) e Tibério (Guito) irá esfriar o clima do casal em "Pantanal". Nas próximas semanas, a cerimônia será um dos pontos altos da trama e trará uma confusão inesperada entre os convidados.

Alcides (Juliano Cazarré) tentará dançar com Juma (Alanis Guillen) mesmo contra a vontade da jovem, e será nocauteado por Jove (Jesuíta Barbosa). A briga vai crescer e se tornará um problema na cerimônia, com socos e facadas entre os peões.

Muda, que já presenciou muita violência em "Pantanal" e foi vítima dos abusos de Levi, se mostrará traumatizada e não conseguirá transar com Tibério. "Eu não vou ter cabeça pra isso. Eu sei que você deve estar aborrecido comigo, mas não deu. Não sei se estou pronta para isso", diz ela, triste. Tibério ficará frustrado, e Muda decidirá dormir na sala da casa.

Violência contra Muda

Após sofrer assédio de Levi e uma tentativa de estupro, Muda será sequestrada pelo peão nos próximos capítulos de "Pantanal". De acordo com o resumo divulgado pela Globo, Muda será forçada a entrar em um barco com Levi, que a ameaçará com uma Faca. Enquanto isso, na fazenda de José Leôncio, Filó e Irma se preocuparão com o sumiço da jovem.

Ao encontrar com Juma, Levi ameaça matar Muda caso a filha de Maria Marruá não devolva sua arma. Sem medo de enfrentar o peão, Jura atirará no braço de Levi e conseguirá salvar a amiga.

Tentativa de estupro

Muito se falou até aqui sobre a facada de Levi (Leandro Lima) em Tibério (Guito), mas pouco se discutiu o que levou os dois personagens a brigarem em "Pantanal". O embate começou quando Tibério flagrou Levi tentando estuprar Muda (Bella Campos). A jovem já havia deixado claro que não queria transar com o peão. Ainda assim, ele não parou de insistir e chegou a usar a força para intimidá-la.

Mesmo saindo ferido, Tibério conseguiu salvar a amada. O problema é que, depois disso, apenas Irma (Camila Morgado) e Joventino (Jesuíta Barbosa) insistiram para Muda denunciar Levi por tentativa de estupro. Os outros personagens acharam melhor deixar o criminoso amarrado para José Leôncio (Marcos Palmeira) decidir sua pena. O peão acabou fugindo e não respondeu pelo seu ato.

Chamar atenção para o crime cometido por Levi é importante, pois o número de estupros registrados no Brasil cresceu 8% pós isolamento social. Em 2018, o país já registrava 180 estupros por dia, num total de 66.041 casos no ano todo, segundo o relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Na trama, Muda vive em uma região afastada, sem muita informação e comunicação, o que dificulta a denúncia. Ela, Filó (Dira Paes) e Juma (Alanis Guillen) nem acreditam que podem ser ouvidas pelas autoridades. Embora estejamos falando de uma novela, infelizmente essa ainda é a realidade de muitas mulheres no Brasil. Precisamos fazer com que as informações corretas cheguem para todas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos