Após conversa com juiz, 'bad boy' se recupera em partida e avança no US Open

Depois do ‘papo’, Nick se recuperou e venceu o jogo (Foto: Reprodução)

Quando se fala em polêmica no tênis, o nome do australiano Nick Kyrgios logo vem à cabeça. E ele ‘causou’ mais uma vez, dessa vez no US Open.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Nesta quinta, ele foi advertido pelo juiz Mohamed Lahyani na segunda rodada do torneio contra o francês Pierre-Hugues Herbert por estar “pouco disposto” na partida. 

Kyrgios não demonstrava o menor interesse em chegar nas bolas, o que começou a irritar o público e o árbitro.

Leia mais:
– O que esperar dos italianos na fase de grupos da Champions
Ter Stegen, a um passo de reescrever história no Barcelona
Empresário de CR7 detona prêmio dado a Modric

A atitude de Lahyani foi elogiada pelo público na internet, já que isso melhorou consideravelmente o nível do jogo. Àquela altura, Kyrgios tinha perdido o primeiro Set por 6/4 e tinha uma quebra contra, com 3 a 0 no placar.

Depois do papo com o juiz (“Quero te ajudar. Esse não é você”), o australiano virou a segunda parcial no tie break e fechou o jogo em 4/6, 7/6, 6/4 e 6/0. Algumas pessoas, porém, pediram que Kyrgios fosse advertido formalmente, e não ficado na apenas na conversa.

A direção do US Open soltou um comunicado em que justifica a atitude do árbitro. “Lahyani acredita que Kyrgios precisava de atendimento médico. Ele também informou que se ele continuasse a demonstrar falta de interesse na partida, como árbitro, teria que tomar uma atitude”.

 

Em 2016, o australiano também protagonizou cenas de “falta de interesse no jogo”. No Masters de Xangai, Nick foi multado em 16 mil dólares por virar as costas nos pontos do adversário, Mischa Zverev, e sacar sem força, “entregando” a partir, que terminou 6/3 e 6/1 para o adversário.