Após denúncia anônima, PM encontra jovens que haviam desaparecido e pedido socorro por áudio

·2 minuto de leitura
Vitória Cristina da Conceição, de 13 anos, que está desaparecida desde o dia 2 de setembro (Foto: Arquivo Pessoal)
Vitória Cristina da Conceição, de 13 anos, estava desaparecida desde o dia 2 de setembro (Foto: Arquivo Pessoal)

A Polícia Militar de Ananindeua, no Pará, localizou, na noite de segunda-feira (7), a adolescente e a jovem que haviam desaparecido enquanto iam à praia no distrito de Outeiro, em Belém. Elas estavam sumidas desde o dia 2 de setembro.

De acordo com Polícia Civil do Estado, policiais da PM receberam uma denúncia anônima sobre a localização das desaparecidas e ao chegar no local indicado, uma residência no bairro do Levilândia, os agentes encontraram as duas na companhia de um homem.

Vitória Cristina da Conceição, de 13 anos, teria ido visitar uma amiga e de lá se deslocou à praia com uma colega que havia conhecido no dia anterior, Marcela Tayane, de 21 anos, que também havia sumido.

Em um áudio enviado por Marcela ao seu próprio pai e a uma amiga, a jovem contou que, antes de chegar à praia, elas foram raptadas por homens armados em um carro vermelho.

Leia também:

A versão foi confirmada pela família de Vitória, que, assim como a família de Marcela, prestou depoimento à Polícia Civil.

"Marcela estava com o celular escondido e mandou um áudio pedindo socorro, porque homens armados a sequestraram. Ela disse que já tinham apanhado muito. Vitória falava ao fundo: 'Tia, socorro, vão matar a gente'. Acho que pegaram este celular [depois disso] porque não tivemos mais contato", relatou Jaqueline Carvalho, 40, uma das tutoras da adolescente.

A corporação não informou o estado de saúde da adolescente e da jovem, disse apenas que após encontrarem as jovens, na segunda-feira (7), todos os envolvidos foram conduzidos pela PM até a Divisão de Homicídios para os procedimentos cabíveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos