Após derrota por zero, Tom Brady dá “chilique” e quebra tablet

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tom Brady não aceitou a derrota humilhante do Tampa Bay Buccaneers. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images
Tom Brady não aceitou a derrota humilhante do Tampa Bay Buccaneers. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images

Tido como o maior jogador da história do futebol americano, Tom Brady proporcionou aos torcedores uma cena bizarra na última rodada da NFL, a liga profissional de futebol americano. Ao não conseguir engrenar o ataque diante do New Orlean Saints, o quarterback deu um verdadeiro chilique no banco de reservas com direito a arremesso de tablet no chão.

O surto aconteceu porque a equipe de Brady, o Tampa Bay Buccaneers, teve um desempenho pífio na partida, e justamente contra um rival de divisão. O ataque comandado pelo quarterback teve muitas dificuldades contra a equipe de Nova Orleans, e não conseguiu marcar nenhum touchdow nem field gols, voltando pra casa com um vergonhoso 9 a 0 na bagagem.

Leia também:

Durante uma das pausas do ataque, quando estava estudando jogadas em um tablet, Brady não escondeu a irritação e arremessou o equipamento no chão, o que fez o aparelho se espatifar.

"Não acho que fomos muito bons em nada esta noite. Eu gostaria que fosse apenas uma coisa. Foram muitas coisas. Temos que fazer melhor em todas as facetas do futebol ofensivo para marcar pontos. Não vamos vencer sem marcar pontos", afirmou o quarterback, que concluiu 26 de 48 passes tentados para 214 jardas, sofreu uma interceptação e um fumble.

Foi somente a terceira vez que Brady terminou um jogo sem conseguir ajudar o ataque a marcar pontos. Antes, o jogador saiu zerado em dois jogos do ex-time, o New England Patriots, em confronto válido pela 14ª rodada de 2006, contra o Miami Dolphins, e na primeira rodada de 2003, diante do Buffalo Bills.

Apesar da derrota, os Bucs seguem na liderança da NFC Sul (o que levaria o time aos playoffs) e na terceira classificação geral da NFC. A falta de pontos, porém, liga o sinal de alerta na equipe da Flórida, que chegou a marcar incríveis 30 pontos ou mais em quatro confrontos consecutivos nesta temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos