Após dizer que técnicos brasileiros estão ultrapassados, Neto sugere a Jorge Jesus que cale a boca

(Foto: Reprodução)

A declaração de Jorge Jesus sobre os técnicos brasileiros estarem ultrapassados taticamente continua repercutindo no meio esportivo. Neto não gostou das palavras do português e mandou um recado duro para o treinador do Flamengo na abertura de “Os Donos da Bola” da última quinta-feira. O ex-jogador afirmou que Jesus não é ninguém perto dos grandes treinadores brasileiros e pediu que ele calasse a boca.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

“Jorge Jesus, como você pode falar do Parreira, do Carille, do Muricy Ramalho, do Mano, do Felipão? Você, perto do Felipão, é perna de anão, você não é ninguém, tecnicamente como treinador. Você tem três títulos portugueses pelo Benfica. O cara que vai treinar o Benfica, se ele não for campeão português, não dá! Quem é você, como treinador, para falar, por exemplo, do Tite? Campeão da Libertadores invicto, campeão do mundo, campeão brasileiro e da Copa do Brasil, campeão de tudo! Você não é ninguém para falar isso. Até porque, se você ganhar a Libertadores, aí você vai ter um grande título. Até o momento, você não tem nenhum grande título. Vocês sabem qual foi o último título dele? A Super Taça da Arábia”, ironizou Neto.

Leia também:

O apresentador reconheceu que Jesus é um bom profissional, mas voltou a criticá-lo por não ter conquistado nenhum título de expressão. “Eu não estou dizendo que você não é bom treinador, mas você não ganhou nada. O Carille, em dois anos e oito meses, é campeão Brasileiro, tri paulista e pode ser campeão da Sul-Americana e está em quarto lugar no Campeonato Brasileiro. O seu time já saiu da Copa do Brasil e você não foi o campeão do Carioca", falou.

Por fim, Neto sugeriu que o técnico do Flamengo explicasse melhor a sua afirmação. “Então, Jorge Jesus, vem, marca uma coletiva e fala que você falou isso há um ano, que depois que veio para o Brasil, pensa diferente. O que você tem como título não te garante como treinador de ponta. E não é aqui no Brasil, porque você não ganhou nada aqui. Diga-se de passagem, seu contrato vai até julho, se você fosse tão bom mesmo, você faria contrato de três anos. Então você podia calar a sua boca”, disparou.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter