Após falas de Guedes e Bolsonaro, CVM abre processo na Petrobras

·2 min de leitura
Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou que abriu um processo sobre a Petrobras, sem informar o motivo. O anúncio acontece depois de falas do Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia, Paulo Guedes.
  • Comissão de Valores Mobiliários abriu processo sobre a Petrobras

  • Falas de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes levantaram suspeita na CVM

  • Investidores apostam em privatização, que pode piorar preços do combustível

Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou que abriu um processo sobre a Petrobras, sem informar o motivo. O anúncio acontece depois de falas do Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Os dois falaram sobre uma possível privatização da companhia estatal.

Leia também

Na segunda-feira (25), o Presidente Jair Bolsonaro "Isso está em nosso radar", disse Bolsonaro durante uma entrevista de rádio. "Mas privatizar uma empresa não é apenas colocá-la na prateleira e quem oferecer o lance mais alto aceita, é muito complicado". No final do dia, Fernando Bezerra, chefe do governo no Senado, disse à Reuters que funcionários estão estudando a possibilidade de privatizar a empresa por meio da venda de ações.

No mesmo dia, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Brasil ‘precisar tirar todo o petróleo do subsolo’ rapidamente para usar os recursos em investimentos, educação e tecnologia antes que a Petrobras passe a valer nada.

“A Petrobras vai valer zero daqui a 30 anos. E o que nós fizemos? Deixamos o petróleo lá embaixo com um monopólio, uma placa de monopólio estatal em cima. O objetivo é tirar esse petróleo o mais rápido possível e transformar em educação, investimento, treinamento, tecnologia”, afirmou o Ministro da Economia.

Investidores apostam em privatização, que pode piorar preços do combustível

Segundo o jornalista André Spigariol, do Brazilian Report, investidores abriram posições milionárias em opções de compra da Petrobras, além de investirem em ações preferenciais da companhia – desde segunda-feira.

Uma das operações registrou valorização de quase 200% entre sexta e segunda, fortemente beneficiada pelo plano de privatizar a Petrobras anunciado por Bolsonaro e endossado por Guedes. A coincidência de horário teria chamado a atenção da CVM.

Em entrevista para a CNN, a pesquisadora do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep) Carla Ferreira apontou que a privatização da Petrobras pode piorar ainda mais os preços dos combustíveis.

“O Ineep fez um levantamento acompanhando algumas experiências de países que conseguem ter um maior controle dos seus preços internos, não tendo essa volatilidade ou esse movimento de alta muito grande, justamente utilizando suas empresas estatais de petróleo e a sua capacidade de refino”, disse Ferreira na entrevista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos