'Fera Ferida' e 'Roque Santeiro' foram inspirações para Monica Iozzi em 'Vade Retro'

DIEGO BARGAS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Monica Iozzi estreia nessa quinta (20) seu primeiro trabalho como protagonista, na série "Vade Retro" (Globo). Ela interpreta Celeste, uma advogada que desconfia estar trabalhando para o próprio diabo. Seu novo cliente, Abel Zebu, é vivido por Tony Ramos.

Escrita por Fernanda Young e Alexandre Machado, a série tem elementos sobrenaturais tanto no texto quando no visual -com direito a muitos efeitos especiais. "Eu gosto do universo fantástico. Estamos usando pouco isso. A linguagem das séries está trazendo isso de volta", diz Monica, e cita as novelas "Fera Ferida" (1993) e "Roque Santeiro" (1985) como inspirações para entrar no clima de "Vade Retro". Ambos os folhetins tinham um tom acima da realidade.

Para compor a doçura de sua personagem, a atriz também buscou referências no cinema. "Tivemos 40 dias de preparação e vimos muitos filmes. Me inspirei em 'O Fabuloso Destino de Amélie Poulain' e em filmes que misturavam gêneros, colocavam terror e comédia juntos".