Após golpe de R$ 14,5 mil, filho de Maurício de Sousa recebe placa de vídeo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Streamer conta que só teve o problema resolvido após falar diretamente com o Departamento de Relações Executivas da Amazon e toda a repercussão do caso pela imprensa (Getty Creative)
Streamer conta que só teve o problema resolvido após falar diretamente com o Departamento de Relações Executivas da Amazon e toda a repercussão do caso pela imprensa (Getty Creative)
  • Filho do cartunista Maurício de Sousa recebeu só agora a placa de vídeo que comprou no início de julho no site da Amazon;

  • Valor da compra foi de R$ 14,5 mil e caixa veio com potes de areia;

  • Streamer relata que foi parar no hospital com crise de ansiedade e teve prejuízos profissionais.

Após adquirir uma placa de vídeo Nvidia GeForce RTX 3090 TI, estimada em R$ 14,5 mil, e receber uma caixa com potes de areia, o streamer Maurício Takeda e Sousa, filho do cartunista Maurício de Sousa, finalmente recebeu o produto que comprou no início de julho no site da Amazon.

Maurício Takeda fez um unboxing do produto para compartilhar com seus seguidores no TikTok e no Instagram. No vídeo, ele relata a chegada da caixa com os potes de areia e toda a dificuldade em conseguir entrar em contato com a Amazon para receber o produto ou o ressarcimento.

"No mesmo dia eu entrei em contato exigindo o reenvio da placa, como consta no artigo 35 do Código de Defesa do Consumidor. Mas eles não puderam fazer muita coisa além de repassar o meu problema para um outro departamento, de 'objetos de alto valor', que curiosamente não atende os clientes por telefone", contou o streamer no post.

Takeda contou que após várias tentativas, teve como resposta da Amazon um prazo de três dias para a solução do problema, que depois viraram sete dias úteis, mais 48 horas e mais cinco dias. "Eles realmente não dão previsão nem nada para resolver, só pedem mais tempo. Por isso entrei com um processo no Juizado de Pequenas Causas. O mais curioso é que a venda e o transporte foram feitos pela própria Amazon".

Por conta do episódio, o streamer relata que foi parar no hospital com crise de ansiedade e teve prejuízos profissionais, já que a placa seria usada para seu trabalho.

Em novo vídeo publicado em suas redes sociais para contar sobre a chegada da placa, Takeda conta que só teve o problema resolvido após falar diretamente com o Departamento de Relações Executivas da Amazon e toda a repercussão do caso pela imprensa.

"Mais uma vez sugiro que sempre filmem o unboxing, corram atrás dos seus direitos e, se precisar, façam barulho. É inadmissível a gente passar por esse tipo de situação. Ainda tenho prejuízos a cobrar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos