Após gritos contra Bolsonaro, dono de bar encerra show e expulsa clientes no CE

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Clientes foram expulsos de bar após manifestação contra Bolsonaro - Foto: Getty Images
Clientes foram expulsos de bar após manifestação contra Bolsonaro - Foto: Getty Images
  • Clientes reclamaram de terem sido expulsos após manifestação contra Bolsonaro em bar

  • Proprietário teria se irritado com o episódio, encerrado show e fechado o estabelecimento mais cedo

  • Perfil do bar no Instagram divulgou manifestação pública de desculpas aos clientes e à banda

Clientes foram expulsos de um bar na cidade de Fortaleza, no último domingo (29), após se manifestarem contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) durante um show no estabelecimento. As reclamações e protestos sobre o episódio ganharam as redes sociais.

Segundo relatos dos presentes, um dos proprietários do Hey Joe Food ‘n’ Bar irritou-se com os gritos contra o presidente, exigiu que o espetáculo fosse encerrado e fechou o estabelecimento mais cedo.

“Lamentável! Pessoas pagaram ingresso e estavam curtindo, consumindo comidas e bebidas, que não são baratas, diga-se de passagem. A banda encerrou com uma hora. O grande mal entendido foi o dono ter surtado, batendo nas mesas por não concordar com os gritos de 90% do público que protestou contra o governo”, escreveu uma testemunha nas redes sociais.

O episódio teria ocorrido durante a apresentação da banda The Mob, que, de acordo com os relatos, também teria sofrido com a irritação do proprietário e de funcionários.

O perfil do bar no Twitter chegou a responder uma das mensagens, dizendo que tudo havia sido apenas “um grande mal entendido gerado por bobagem e potencializado por bebedeira”.

“Nós, como casa, sempre optamos por seguir o caminho do meio e não tomamos nenhum partido político porque temos sócios e equipe com diversos pensamentos”, afirmou.

Nota de retratação

Diante das crescentes críticas ao ocorrido, o Hey Joe Food ‘n’ Bar utilizou seu perfil no Instagram para divulgar uma nota oficial, desculpando-se com os clientes.

De acordo com o texto, a confusão foi causada por um dos proprietários do bar, que estava de folga naquele momento e curtia o local com amigos. Ele teria achado que a manifestação política havia partido da banda, e não dos clientes.

“De modo impensado, ele tentou intervir para preservar o espaço de todos, mas sua ação foi inadequada e inoportuna. Para evitar constranger ainda mais os presentes, incluindo frequentadores, equipe e demais sócios, a casa preferiu encerrar as atividades mais cedo”, afirma a nota.

O texto garante, ainda, que “a situação nos causa embaraço, especialmente por não representar a nossa história e a filosofia da casa”. “Reiteramos nossas desculpas aos frequentadores, clientes, amigos, parceiros e colaboradores. Aos membros da banda The Mob fica também o nosso registro público de desculpas.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos