Após nova gafe de Lula, PT se reúne para definir comunicação da campanha

Lula (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)
Lula (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)
  • Após nova gafe de Lula, PT se reúne para definir comunicação da campanha

  • Favorito para o posto é Edinho Silva, ex-ministro chefe da Secom no governo Dilma

  • Franklin Martins é hoje o chefe de comunicação do petista

A cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) vai se reunir nesta segunda-feira (2) para definir quem assumirá a campanha de comunicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) —Franklin Martins é hoje o chefe de comunicação da campanha do petista.

Segundo informações da coluna do Lauro Jardim, do jornal O Globo, na última sexta (29), o mesmo grupo se reuniu para discutir o tema, mas não se chegou a nenhuma conclusão.

Ainda de acordo com o jornal, o favorito para o posto é Edinho Silva, ex-ministro chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) no governo de Dilma Rousseff (PT), atual prefeito de Araraquara e um dos coordenadores da campanha de Fernando Haddad (PT) ao governo de São Paulo.

A mudança acontece em meio a uma “crise” na comunicação da campanha de Lula, se comparada com a do atual presidente Jair Bolsonaro (PL).

O petista pediu desculpa a profissionais da segurança no domingo, durante o ato de 1° de Maio em São Paulo, por ter afirmado que o atual chefe do Executivo “não gosta de gente, mas gosta é de policial”.

“Eu ontem cometi um erro quando quis dizer que Bolsonaro não gosta de gente, só de polícia. Gostaria de pedir desculpas aos profissionais da segurança. Eu que vivo pedindo que a imprensa admita seus erros contra mim, não poderia deixar de pedir desculpas pelo meu erro”, disse.

A frase de Lula repercutiu negativamente e foi explorada por apoiadores de Bolsonaro e pelo pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), nas redes sociais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos