Após perder mãe para Covid-19, criança é abusada pelo avô com quem foi morar

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Criança de apenas nove anos foi abusada pelo avô (Jesus Merida/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Criança de apenas nove anos foi abusada pelo avô (Jesus Merida/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Garota de nove anos perdeu a mãe no ano passado para a Covid-19

  • Ela foi morar com o avô e passou a ser abusada sexualmente por ele

  • A polícia soube do caso por denúncia anônima e prendeu o idoso

Um idoso de 71 anos foi preso nesta quarta-feira em Piracanjuba-GO, a 85 km de Goiânia, acusado de abusar sexualmente da neta de apenas nove anos. A criança havia ido morar com os avós após a mãe morrer de Covid-19.

As informações foram divulgadas pelo site Metrópoles, que explicou que a polícia local descobriu o caso após uma denúncia anônima por telefone. Além da neta, uma outra criança de 10 anos teria sido abusada pelo homem.

Leia também:

O delegado responsável, Leylton Barros, informou que as duas crianças se mostraram receosas em comentar o episódio, mas se soltaram após saberem que o idoso havia sido detido.

A garota de nove anos é neta única do homem e foi morar com os avós no meio do ano passado, quando sua mãe perdeu a batalha contra a Covid-19.

“No momento em que ela mais deveria receber apoio dessa nova família, ela recebeu violência. A mãe era uma pessoa trabalhadora. Ela adoeceu por Covid-19 e veio a óbito”, explicou Leylton.

Idoso nega o crime

O avô negou ter cometido os atos, mas foi preso preventivamente. De acordo com o delegado, a investigação apontou que os crimes vinham sendo cometidos desde a mudança de casa da neta. “Ele se aproveitou da situação de vulnerabilidade da criança para praticar os abusos”, disse o delegado.