Após polêmica com Olavo de Carvalho, Carlos Bolsonaro ataca Mourão em suas redes sociais

Carlos Bolsonaro Caio César/CMRJ

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) fez, nesta terça-feira (24) ataques diretos ao vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB). O ataque acontece poucos dias depois da polêmica em torno de vídeo do ideólogo Olavo de Carvalho com críticas aos militares.

Carlos colocou em sua conta no Facebook uma suposta apresentação divulgada pelo Brazil Institute, em Washington, capital dos Estados Unidos. No suposto documento, está agendada uma palestra de Mourão para 9 de abril.

A crítica de Carlos é ao texto do suposto documento, que afirma que os cem primeiros dias do governo Bolsonaro foram “marcados pela paralisia política, em grande parte devido às crises sucessivas geradas pelo próprio círculo interno do presidente”.

Neste mesmo suposto documento, o vice-presidente é descrito como “uma vez de razão e moderação, capaz de orientar tanto em assuntos internos como externos”.

“Tradução do que parece ser’ convite ao vice presidente da República para palestra nos EUA e convidados- se não visse não acreditaria que aceitou com tais termos”, escreveu Carlos Bolsonaro em sua conta no Facebook ao compartilhar a imagem.

Em nota divulgada na última segunda-feira (22), o presidente Bolsonaro fez críticas às imagens nas quais Olavo de Carvalho aparece falando de seus aliados.

“O professor Olavo de Carvalho teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda e que tanto mal fez ao nosso país. Entretanto, suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento dos objetivos propostos em nosso projeto de governo”, afirmou o presidente em nota lida pelo porta-voz Otávio do Rêgo Barros.