Após resistência, Thelma diz: "Não preciso de caridade"

Foto: Reprodução/Globo - Foto: Reprodução/Globo

Thelma e Mari se desentenderam na tarde deste sábado (21) no ‘BBB 20’. A anestesista resolveu tirar satisfação com a influenciadora após descobrir que Mari deu a entender que só deixou Thelma ganhar a prova do líder por “generosidade”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, FacebookeTwittereaproveite para se logare deixar aqui abaixo o seu comentário.

As duas ficaram 26 horas na disputa pela liderança até que Tiago Leifert avisou que ambas estariam imunes ao paredão. Mari tentou fazer um acordo com Thelma para a prova acabar logo, mas a médica deixou claro que não iria abrir mão da liderança.

Leia também:

Ao notar que Mari estava pensando em sair da prova, Thelma a incentivou a continuar até o seu limite e avisou que não estava disposta a deixar de votar em alguém para que ela entregasse a disputa, A companheira de Jonas não falou sobre isso com seus colegas da casa e a líder se sentiu injustiçada.

Assim que descobriu que Mari falou em “generosidade”, Thelma soltou o verbo com a sister. “Fiz uma prova de 26 horas, estou morrendo de dor no corpo, onde que preciso de caridade? Não preciso de caridade. Foi mérito de nós duas. Se você quis descer e achou que isso seria uma atitude boa guarde para você porque abre precedente para as pessoas acharem que você abriu mão da prova para me dar a liderança”, afirmou.

Mari argumentou que as duas estavam cansadas e que ficaram pensando no peso da imunidade. Thelma disse que em nenhum momento passou pela sua cabeça a possibilidade de desistir e agradeceu por tudo estar gravado.

“Eu achei que poderia ficar mais, mas achei que tudo bem você ficar com a liderança e eu com a imunidade. Não saí falando para a casa. Em um minuto de fraqueza que chorei foram fazer fofoca”, rebateu a ex-panicat.

  • Mandetta desabafa com aliados após ataques de Bolsonaro: 'Está insustentável'
    Notícias
    HuffPost Brasil

    Mandetta desabafa com aliados após ataques de Bolsonaro: 'Está insustentável'

    Depois de ser alvo de mais ataques, agora diretos e publicos, do presidenteJair Bolsonaro, o ministro Luiz Henrique Mandetta elevou tambem o tom de suasreclamaçoes sobre o chefe a pessoas proximas.

  • Angela Ro Ro diz que namorada 30 anos mais jovem é o 'maior amor da sua vida': 'Se Chico Buarque pode, por que eu não?'
    Notícias
    Extra

    Angela Ro Ro diz que namorada 30 anos mais jovem é o 'maior amor da sua vida': 'Se Chico Buarque pode, por que eu não?'

    Um dia após publicar a primeira foto com a namorada e revelar publicamente o romance de pouco mais...

  • Coronavírus: Idosos tentam 'fugir' na quarentena e viralizam; vídeos de moradora de Santos superam 4 milhões de visualizçaões
    Notícias
    Extra

    Coronavírus: Idosos tentam 'fugir' na quarentena e viralizam; vídeos de moradora de Santos superam 4 milhões de visualizçaões

    A principal mensagem ecoada no isolamento social obrigatório devido à pandemia do novo coronavírus...

  • Quem é Fabiana Flosi, a brasileira que aos 43 anos terá um filho do ex-chefão da F1, de 89
    Notícias
    Extra

    Quem é Fabiana Flosi, a brasileira que aos 43 anos terá um filho do ex-chefão da F1, de 89

    Aos 43 anos, Fabiana Flosi vai realizar um sonho que tem desde o início do relacionamento com...

  • Brasil passa de 10 mil casos de coronavírus e tem 431 mortes; ministério alerta para aceleração descontrolada
    Notícias
    Reuters

    Brasil passa de 10 mil casos de coronavírus e tem 431 mortes; ministério alerta para aceleração descontrolada

    (Reuters) - O Brasil registrou 1.222 novos casos de coronavírus, neste domingo, e chegou a um total de 10.

  • Após crítica de Carlos, Flávio Dino pergunta se filho do presidente quer extinguir o MA
    Notícias
    Folhapress

    Após crítica de Carlos, Flávio Dino pergunta se filho do presidente quer extinguir o MA

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ataque do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) nas redes sociais ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, foi classificado pelo governador do Maranhão Flávio Dino (PC do B) como injusto. Em reação, Dino pergunta se o filho do presidente Jair Bolsonaro quer extinguir o Maranhão ou cassar o seu governador. "Uma estranha e injusta agressão ao vice-presidente da República, que se limitou a cumprir uma determinação do próprio presidente. A não ser que o filho de Bolsonaro queira extinguir o Maranhão ou cassar o seu governador", afirma Dino à reportagem. "O episódio mostra o nível de desagregação e desorganização do governo Bolsonaro", completa. Mourão encontrou-se com Dino e outros governadores na quinta-feira (2) para tratar do Conselho da Amazônia e medidas de combate ao coronavírus nos nove estados da região amazônica. O órgão foi recriado pelo próprio pai de Carlos em fevereiro. Dino, adversário de Bolsonaro, disse sobre o encontro: "Tivemos uma reunião com diálogo técnico, respeitoso, sensato. Claro que Mourão não é do meu campo ideológico. Mas, se Bolsonaro entregar o governo para ele, o Brasil chegará em 2022 em melhores condições". Em seu tuíte, na noite desta sexta-feira (3), Carlos Bolsonaro reproduziu essa fala e insinuou que Mourão está conspirando para derrubar seu pai: "o que leva o vice-presidente da república se reunir com o maior opositor SOCIALISTA do governo, que se mostra diariamente com atitudes totalmente na contramão de seu Presidente?".

  • Major Olímpio protocola pedido de impeachment de João Doria
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Major Olímpio protocola pedido de impeachment de João Doria

    Pedido é baseado em duas acusações: a reforma de um helicóptero e fechamento da rua na qual o governador mora

  • Que países e territórios ainda não têm casos confirmados de coronavírus?
    Notícias
    BBC News Brasil

    Que países e territórios ainda não têm casos confirmados de coronavírus?

    Pandemia chegou a mais de 180 países e territórios, mas cerca de 40 locais no mundo todo ainda não registraram infecções – pelo menos oficialmente.

  • Letícia Colin sobre apoio de Tatá Werneck: ‘Somos confidentes nessa fase do pós-parto’
    Notícias
    Extra

    Letícia Colin sobre apoio de Tatá Werneck: ‘Somos confidentes nessa fase do pós-parto’

    A maternidade aproximou Letícia Colin de uma colega de profissão famosa. Com Tatá Werneck, a...

  • Espanha registra mais de 900 mortes por coronavírus pelo segundo dia consecutivo
    Notícias
    AFP

    Espanha registra mais de 900 mortes por coronavírus pelo segundo dia consecutivo

    A Espanha registrou 932 novas mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, o que eleva o balanço global de vítimas fatais a 10.935, anunciou o ministério da Saúde nesta sexta-feira.

  • Bolsonaro faz chamado para jejum religioso neste domingo contra coronavírus
    Notícias
    Folhapress

    Bolsonaro faz chamado para jejum religioso neste domingo contra coronavírus

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro fez uma convocação para um jejum religioso nacional neste domingo (5) para o país superar a crise desencadeada pelo novo coronavírus. O chefe do Executivo compartilhou neste sábado (4) um vídeo nas redes sociais em que ele e vários pastores pedem para a população ficar um dia sem comer. Na última quinta-feira (2), Bolsonaro já havia convocado as pessoas a jejuar para o que o Brasil "fique livre desse mal", em referência à pandemia. Na gravação publicada neste sábado, a voz de um narrador anuncia que "os maiores líderes evangélicos deste país atenderam à proclamação santa feita pelo chefe supremo da nação". De acordo com o vídeo, Bolsonaro convocou o "exército de cristo para a maior campanha de jejum e oração já vista no país". Os líderes das maiores igrejas evangélicas do Brasil, como Valdemiro Santiago, RR Soares, Bispo Rodovalho e Edir Macedo, aparecem no vídeo. Além disso, três deputados da bancada evangélica também participam da convocação: Abílio Santana (PR-BA), Silas Câmara (Republicanos-AM) e Marco Feliciano (Sem partido-SP). O último afirma que as pessoas têm de orar e "pedir misericórdia para que essa praga cesse e todas as previsões ruim para o Brasil caiam por terra". Ao final, o narrador afirma que neste domingo a "igreja de cristo na terra irá clamar e o inferno irá explodir".

  • Capitão de porta-aviões afetado por coronavírus é aclamado como herói nos EUA após ser destituído
    Notícias
    AFP

    Capitão de porta-aviões afetado por coronavírus é aclamado como herói nos EUA após ser destituído

    O capitão do porta-aviões nuclear americano Theodore Roosevelt, destituído por seu manejo do surto de Covid-19 registrado no navio, foi aclamado como herói pelas tropas em sua partida, segundo vídeos publicados nesta sexta-feira em redes sociais.

  • Witzel exonera subsecretária de Saúde durante crise do coronavírus
    Notícias
    Folhapress

    Witzel exonera subsecretária de Saúde durante crise do coronavírus

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Em plena crise causada pelo novo coronavírus, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), exonerou nesta sexta-feira (3) a médica Mariana Scardua do cargo de subsecretária de Gestão da Atenção Integral à Saúde. A subpasta é responsável pela gestão de unidades de saúde do estado, regulação de leitos, protocolos sobre manejo de medicamentos, entre outras atividades intimamente relacionadas ao enfrentamento da pandemia. Além de Scardua, foi exonerado seu chefe de gabinete, o advogado Luiz Octávio Mendonça. No comando da subsecretaria desde o início da gestão Witzel, os dois vinham divergindo do novo subsecretário-executivo da pasta, Gabriell Neves, nomeado em fevereiro para o cargo. Ele se tornou o responsável pelos processos de contratações emergenciais para o combate ao coronavírus. Neves comandou a seleção relâmpago das organizações sociais que vão administrar os hospitais estaduais Anchieta, na capital, e Zilda Arns, em Volta Redonda, futuros pólos para o atendimento de pacientes da Covid-19. A seleção das OSs ocorreu em menos de dois dias para contratos estimados em R$ 90 milhões para os próximos seis meses. O subsecretário usou a pandemia para justificar o estabelecimento dos prazos curtos, quando foi questionado por uma concorrente da licitação sobre restrição à competição. Neves também conduz a contratação de mil leitos de UTIs privados para o combate ao coronavírus num custo estimado de R$ 500 milhões. O estado, contudo, recebeu oferta de apenas 95 leitos. A retirada dos dois foi decidida pelo secretário de Saúde, Edmar Santos, aceita e autorizada por Witzel. Ainda não foi anunciado o substituto no cargo. O governador e a secretaria não se pronunciaram sobre as exonerações. Scardua e Mendonça não quiseram comentar a saída da pasta. O governador do Rio de Janeiro foi o primeiro governador a fazer decretos para viabilizar o isolamento social dos moradores do estado. Foi um dos primeiros também a criticar frontalmente o presidente Jair Bolsonaro pelo que considerava falta de ação do governo federal. Dados da Secretaria de Saúde apontam 1.074 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, com 47 mortes. Há outros 49 óbitos aguardando resultados de testes. Especialista em medicina da família, Scardua trabalhou por dois anos na Prefeitura do Rio de Janeiro na gestão Eduardo Paes (DEM). Foi convidada pelo secretário Edmar Santos para coordenar as unidades de saúde estaduais no início da nova administração estadual. Uma semana após a chegada de Neves, o secretário tirou da então subsecretaria e seu chefe de gabinete o poder de realizar atos de gestão orçamentária e financeira. Tais medidas passaram a ser concentradas por Neves. O subsecretário-executivo da Saúde assumiu o posto de coordenador das contratações emergenciais logo após ter parte dos bens bloqueados pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Neves é acusado de dar um golpe de quase R$ 300 mil numa idosa no ano passado, como revelou o blog do jornalista Ruben Berta. Ele era advogado dela num processo contra uma concessionária e é acusado de ter se apropriado da indenização de R$ 291 mil paga após uma luta de 12 anos na Justiça. O subsecretário não comentou a decisão judicial.

  • Mandetta diz que ‘semanas duras’ estão por vir no combate ao coronavírus
    Notícias
    Extra

    Mandetta diz que ‘semanas duras’ estão por vir no combate ao coronavírus

    O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta sexta-feira que a pandemia do novo...

  • Ministério da Saúde estima "aceleração descontrolada" de coronavírus em quatro estados e DF
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Ministério da Saúde estima "aceleração descontrolada" de coronavírus em quatro estados e DF

    O Ministério da Saúde avaliou que, em São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Amazonas, além do Distrito Federal, a incidência supera a média nacional de 4,3 casos por 100 mil habitantes

  • Após Bolsonaro criticar Mandetta, Moro reafirma defesa de 'isolamento' e 'quarentena'
    Notícias
    O Globo

    Após Bolsonaro criticar Mandetta, Moro reafirma defesa de 'isolamento' e 'quarentena'

    Ministro afirmou que não é possível saber como a doença vai evoluir no Brasil e que 'a prudência recomenda seguir as orientações técnicas'

  • UE apoia plano dos EUA para governo de transição na Venezuela
    Notícias
    AFP

    UE apoia plano dos EUA para governo de transição na Venezuela

    A União Europeia (UE) considerou nesta sexta-feira (3) que o plano dos Estados Unidos quanto ao governo de transição na Venezuela sem o presidente Nicolás Maduro ou o opositor Juan Guaidó "está de acordo" com a solução pacífica promovida pelo bloco.

  • Cada sexo tem seu dia
    AFP

    Cada sexo tem seu dia

    Segunda, quarta e sexta os homens podem sair. Terça, quinta e sábado, as mulheres. A medida foi anunciada na quinta-feira pelo presidente do Peru, Martin Vizcarra, e busca conter a propagação da covid-19.

  • Site aponta Adriano Imperador e Felipe Melo entre os mais 'loucos' do futebol sul-americano
    Notícias
    Extra

    Site aponta Adriano Imperador e Felipe Melo entre os mais 'loucos' do futebol sul-americano

    Adriano Imperador e Felipe Melo definitivamente escreveram seus nomes na história do futebol...

  • Putin: Rússia está disposta a cooperar para cortar produção de petróleo
    Notícias
    AFP

    Putin: Rússia está disposta a cooperar para cortar produção de petróleo

    A Rússia está pronta para cooperar com os Estados Unidos e a Arábia Saudita para reduzir a produção de petróleo, afirmou nesta sexta-feira o presidente Vladimir Putin.

  • Ministro de Bolsonaro debocha da China em tweet sobre coronavírus: "Plano infalível do Cebolinha"
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Ministro de Bolsonaro debocha da China em tweet sobre coronavírus: "Plano infalível do Cebolinha"

    Internautas repudiaram o tweet do ministro e o reportaram à embaixada chinesa no Brasil, que há duas semanas rebateu as provocações do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

  • Papa mantém a 'esperança de um tempo melhor' após o coronavírus
    Notícias
    AFP

    Papa mantém a 'esperança de um tempo melhor' após o coronavírus

    O papa Francisco enviou nesta sexta-feira (3) uma mensagem em vídeo por ocasião da inédita Semana Santa sem fiéis, na qual afirmou que mantém a "esperança de um tempo melhor", após o fim da pandemia do novo coronavírus.

  • Brasil registra 72 novas mortes por coronavírus; total de óbitos é de 431
    Notícias
    Folhapress

    Brasil registra 72 novas mortes por coronavírus; total de óbitos é de 431

    BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Brasil já registra ao menos 431 mortes pelo novo coronavírus, de acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados neste sábado (4). Foram contabilizadas 72 novas mortes confirmadas nas últimas 24 horas. Com o novo balanço, o país também já soma 10.278 casos confirmados da doença. O número representa um salto de 13,5% em relação ao dia anterior, quando foram computados 9.056 casos. O ministério, porém, tem informado que o número real de casos tende a ser maior, já que são testados apenas os casos graves, de pacientes internados em hospitais, e há casos represados à espera de confirmação. Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que equipes de atenção básica em várias cidades e estados afirmam que a subnotificação ao Ministério da Saúde de casos suspeitos tem sido gigantesca. Dizem ainda que, sem uma portaria específica do ministério, médicos têm se guiado por notas técnicas locais com orientações distintas.

  • Autoridades americanas dão como mortos membros desaparecidos da família Kennedy
    Notícias
    AFP

    Autoridades americanas dão como mortos membros desaparecidos da família Kennedy

    As buscas por dois membros da família Kennedy desaparecidos durante um passeio de canoa não rendeu frutos, e autoridades americanas os deram como mortos, anunciaram neste sábado familiares.

  • Coronavírus: Por até dois anos, podemos ter novas quarentenas
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Coronavírus: Por até dois anos, podemos ter novas quarentenas

    Mais do que esperar descobertas-relâmpago de vacinas e remédios, é preciso fazer o básico: testar cada vez mais pessoas para verificar a presença do vírus