Após quase 8h de pane, Whatsapp volta a funcionar

·2 minuto de leitura
FILE - This March 10, 2017 file photo shows the WhatsApp communications app on a smartphone, in New York. Ireland's privacy watchdog said Thursday Sept. 2, 2021, it has fined WhatsApp a record 225 million euros ($267 million) after an investigation found it breached stringent European Union data protection rules on transparency about sharing people's data with other Facebook companies. (AP Photo/Patrick Sison, File)
FILE - This March 10, 2017 file photo shows the WhatsApp communications app on a smartphone, in New York. Ireland's privacy watchdog said Thursday Sept. 2, 2021, it has fined WhatsApp a record 225 million euros ($267 million) after an investigation found it breached stringent European Union data protection rules on transparency about sharing people's data with other Facebook companies. (AP Photo/Patrick Sison, File)
  • Plataformas ficaram sem funcionamento na tarde desta segunda-feira;

  • Alguns usuários ainda relatam instabilidade nas redes;

  • Facebook 'fora do ar' pode ter prejuízo de R$1,2 milhão por minuto.

O Whatsapp voltou a funcionar normalmente após quase 8h. No inicio da noite desta segunda-feira, as redes Instagram e Facebook também retomaram o funcionamento após cerca de 6 horas de apagão. Usuários reclamaram de prejuízos e outro problemas por falta de comunicação online.

No Twitter, as postagens usavam as hashtags #voltou #parou para as plataformas. Alguns usuários ainda relatam instabilidade nas redes. 

Pouco antes, por volta das 17h, o Facebook disse que problemas com a rede causavam a falha de acesso. A empresa é dona dos três serviços. A mensagem foi postada no Twitter pelo diretor de tecnologia da empresa, Mike Schroepfer, que não informou o que causou essa falha.

Leia também:

O quatro de outubro de 2021 será lembrado como o dia que os serviços de Mark Zuckerberg - WhatsApp, Instagram e Facebook - pararam de funcionar. Os aplicativos do Telegram (uma alternativa ao WhatsApp) e do Nubank, entre outras ferramentas, também passaram por instabilidade.

Facebook 'fora do ar' pode ter perda de R$1,2 milhão por minuto

A instabilidade global das redes sociais nesta segunda-feira pode gerar prejuízo para uma das gigantes plataformas de Mark Zuckerberg. Com um faturamento diário de 1,7 bilhão de reais, o Facebook corre o risco de perder receita de 72,3 milhões de reais por hora, ou 1,2 milhão de reais por minuto ao ter seus serviços digitais fora do ar.

A empresa se pronunciou, através do Twitter, sobre a instabilidade do aplicativo. "Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente", postou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos