Após sofrer ataque de cinco pitbulls, triatleta fica de pé em Ribeirão Preto

Triatleta se recupera após levar cerca de 50 mordidas de pitbulls no interior de São Paulo (Foto: Getty Creative)
Triatleta se recupera após levar cerca de 50 mordidas de pitbulls no interior de São Paulo (Foto: Getty Creative)

O triatleta Tiago Ferranti Belloube, de 41 anos, está aos poucos se recuperando do ataque de um pitbull ocorrido há dois meses. Belloube ainda usa bota cirúrgica e bengala, mas já consegue ficar em pé, andar e realizar alguns exercícios em uma academia em Ribeirão Preto (SP), onde mora.

Segundo o portal g1, Tiago comemora já ser capaz de realizar sozinho pequenas coisas do dia a dia, como se alimentar e escovar os dentes, por exemplo. Antes, ele precisava do auxílio da esposa.

O atleta precisou passar por três cirurgias após levar cerca de 50 mordidas de pitbulls em Leme, interior de SP. Antes de poder pisar no chão, o rapaz teve de ficar durante dias deitado com o pé para cima. A medida tinha como objetivo impedir que o sangue descesse no local e ocorresse uma vascularização, quando os vasos sanguíneos ficam mais dilatados.

Apesar de estar animado com os pequenos progressos e sem sentir dor, Belloube admite não ver a hora de poder voltar com os treinos de antes, que envolvem corrida, bicicleta e natação.

O ataque

Belloube foi atacado por ao menos cinco cães da raça pitbull no dia 27 de março quando praticava um treino de corrida em uma estrada rural de Leme (SP). Ele foi resgatado por um motorista que passava pelo local.

O triatleta registrou um boletim de ocorrência contra o dono dos animais que vai responder por lesão corporal culposa, quando não há intenção, e por omissão de cautela na guarda de animais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos