Após vetar Moro, União Brasil aprova Luciano Bivar como pré-candidato à Presidência

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Com Moro vetado por caciques, União Brasil escolheu Luciano Bivar como pré-candidato à presidência (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Com Moro vetado por caciques, União Brasil escolheu Luciano Bivar como pré-candidato à presidência (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Resumo da notícia

  • União Brasil terá Luciano Bivar como pré-candidato à presidência

  • Sergio Moro foi vetado por caciques do DEM se ocupar o posto e concorrer

  • União Brasil entrará com consenso com outros partidos da "terceira via" para ter candidato único

O União Brasil aprovou nesta quinta-feira (14) o nome de Luciano Bivar, presidente do partido, para ser o pré-candidato da legenda à presidência da República. A decisão foi tomada de forma unânime.

“A Comissão Executiva Nacional Instituidora do União Brasil aprovou na manhã desta quinta-feira, 14 de abril, por unanimidade, a indicação do presidente nacional do partido, deputado Luciano Bivar, como pré-candidato à presidência da República”, divulgou o partido em nota oficial.

O próximo passo do União Brasil será se reunir com outros partidos da chamada “terceira via” para encontrar um nome de consenso. O MDB, com Simone Tebet, e o PSDB, com João Doria, devem ser envolvidos na decisão.

Agora, segundo o partido, Bivar vai se afastar da mesa de negociações com outras legendas. Quem assume a função é o vice-presidente nacional da legenda, Antônio de Rueda, além dos líderes do partido na Câmara, Elmar Nascimento, e no Senado, Davi Alcolumbre.

A definição de Bivar como pré-candidato pelo União Brasil tira em definitivo Sergio Moro do páreo. Ainda no Podemos, a expectativa era que o ex-juiz concorresse à presidência da República. Mas, ao migrar para o partido de Luciano Bivar, a candidatura foi vetada por caciques do DEM – que se juntou ao PSL para fundar o União Brasil.

Com a mudança de domicílio eleitoral de Moro, a expectativa é de que ele concorra a deputado federal ou senador por São Paulo.

Nas redes sociais, Moro afirmou que espera que os outros partidos também tenham clareza ao definir seus pré-candidatos. "Sigo como um soldado da democracia, estimulando a composição para romper a polarização politica", declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos