Aposentada de 105 anos encara até escadas para exercer o direito de votar

O Globo
·1 minuto de leitura
Divulgação
Divulgação

A aposentada Áurea Oliveira Costa é um exemplo de pessoa que valoriza a democracia. Aos 105 anos, a amazonense fez questão de sair de casa para votar na seção localizada na Faculdade Martha Falcão, no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus. Ela ainda teve a disposição de subir as escadas da instituição para exercer o seu direito à cidadania.

"Eu voto por que é a obrigação do cidadão votar", conta ela ao "A Crítica". As duas netas da aposentada acompanharam a avó.

"Ano de eleição é sempre a mesma a coisa. Desde quando começa as campanhas, é notificado os candidatos, ela já observa. O voto é totalmente dela. Ela assiste as propagandas eleitorais, ela lê o jornal todos os dias e com isso, ela consegue acompanhar", disse a bibliotecária Clara Carvalho, 52 anos. De acordo com ela, nenhum dificuldade impede a avó de votar.

Guia da eleição:Confira o que levar, horário, local de votação e os cuidados com o coronavírus

"Nós dissemos para ela que não havia necessidade de ir por conta de estarmos em um ano atípico mas ela disse: "eu vou!". Então para ela é muito mais importante exercer o direito de cidadã do que certas barreiras", afirmou.