App sul-coreano lança fundo de R$ 538 mi para criadores de metaversos

·2 min de leitura
Metaverso: app sul-coreano lança fundo de R$ 538 mi para criadores (Photo Illustration by Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Metaverso: app sul-coreano lança fundo de R$ 538 mi para criadores (Photo Illustration by Pavlo Gonchar/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Zepeto dobrou de usuários ativos mensais em apenas um ano;

  • A duração média de uma sessão virtual é de 30 minutos;

  • Marcas como Gucci e Ralph Lauren disponibilizam produtos no marketplace do mundo virtual.

O conglomerado de internet sul-coreano Naver Group é conhecido por estar sempre por dentro das tendências digitais. É, por exemplo, a empresa por trás dos aplicativos Line, o aplicativo de mensagens mais utilizado no Japão.

A novidade da vez é a investida do conglomerado no metaverso.

A Naver Z, uma subsidiária da Naver que administra o aplicativo de avatar 3D Zepeto, está lançando um fundo de US$ 100 milhões, ou R$ 538 milhões nos próximos meses para promover seu recém-lançado plug-in desenvolvido pela Unity.

Zepeto, de quatro anos, oferece um amálgama de experiências de entretenimento, jogos e redes sociais. Ele permite que os usuários renderizem suas selfies em avatares 3D, criem espaços digitais e interajam com outras pessoas.

Leia também:

Em janeiro, o aplicativo tinha 20 milhões de usuários ativos mensais, acima dos 10 milhões em maio de 2020, disse Rudy Lee, diretor de estratégia da Naver Z, ao portal TechCrunch.

Os usuários registrados no aplicativo quase dobraram para 290 milhões desde um ano e meio atrás, e a duração média da sessão no mundo virtual é de 30 minutos.

Zepeto tem usuários em todo o mundo, mas principalmente entre adolescentes do sexo feminino e jovens de vinte e poucos anos na Coréia do Sul e na China.

Dada sua demografia-alvo, não é surpresa que marcas de estilistas como Gucci e Ralph Lauren, bem como as celebridades Blackpink e Selena Gomez, tenham escolhido Zepeto para construir suas próprias experiências digitais de marca.

O fundo para criadores de R$ 538 milhões permitirá que o Zepeto diversifique a gama de experiências de “metaverso” que ele suporta.

A Naver Z planeja ter participações acionárias em estúdios promissores usando o plug-in Unity para gerar experiências 3D no Zepeto, enquanto também distribuirá recompensas em dinheiro para criadores de Zepeto de alto potencial com base em métricas de desempenho como reproduções, visitas e usuários ativos

Como a maioria das plataformas de entretenimento virtual, o Zepeto depende da venda de itens para monetizar seu serviço. Já foram vendidos 2 bilhões de itens desde seu lançamento em 2018. Em meados de 2020 a contagem era de 600 milhões. No ano passado, seu criador mais popular gerou receita bruta de US$ 500.000, ou R$ 2,7 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos