Apple corta em 10% plano de produção de novos iPhones neste trimestre, diz Nikkei

Clientes fazem fila do lado de fora de loja da Apple na China. 21/09/2018. REUTERS/Stringer.

(Reuters) - A Apple, que cortou na semana passada sua previsão de vendas no trimestre, reduziu a produção planejada de seus três novos modelos de iPhones em cerca de 10 por cento para o período de janeiro a março, publicou o Nikkei Asian Review, nesta quarta-feira.

A Apple pediu a seus fornecedores no final do mês passado para produzirem menos unidades dos modelos XS, XS Max e XR que o planejado anteriormente, publicou o Nikkei, citando fontes com conhecimento do assunto. O pedido foi feito antes da Apple anunciar o corte na projeção de receita, afirmou o Nikkei.

A empresa de pesquisa de mercado Canalys estima que as vendas de smartphones na China caíram 12 por cento no ano passado e espera que as vendas de 2019 recuem 3 por cento, para abaixo de 400 milhões de unidades pela primeira vez desde 2014.

De maneira geral, a produção planejada de iPhones antigos e mais novos provavelmente será cortada para uma faixa de 40 milhões a 43 milhões de unidades entre janeiro e março, ante projeção anterior de 47 milhões a 48 milhões de unidades, publicou o Nikkei.

Apple não comentou o assunto.

(Por Chris Gallagher e Makiko Yamazaki em Tóquio, Sayantani Ghosh em Cingapura e Vibhuti Sharma em Bangalore, Índia)