Apple escala Luxshare para produzir iPhones na China, diz jornal

(Reuters) - A Apple está prestes a fechar contrato com a fabricante chinesa Luxshare Precision para produzir modelos premium de iPhone, informou o Financial Times nesta quarta-feira, citando fontes familiarizadas com o assunto.

A Luxshare tem produzido pequenas quantidades do iPhone 14 Pro Max em Kunshan, para compensar a produção perdida na fábrica da Foxconn em Zhengzhou, afirma a reportagem.

Fundada em 2004, a Luxshare tornou-se fornecedora da Apple em 2011 e tem subido constantemente na cadeia de valor da gigante do hardware, desde a fabricação de cabos conectores para iPhone e Macbook até a fabricação de Airpods.

A fabricante do iPhone e a Luxshare não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.

Analistas esperavam que a Apple diversificasse sua base de fornecedores em meio a interrupções na produção na China devido à agitação dos funcionários em uma fábrica operada pela Foxconn e bloqueios induzidos pelo Covid-19.

A Foxconn e a Pegatron até agora mantiveram uma posição dominante na cadeia de suprimentos da Apple, que alertou em novembro sobre a queda nas remessas de seus modelos premium do iPhone 14, após cortes significativos na produção.

Wall Street espera que as remessas de iPhone da Apple diminuam no quarto trimestre, após a fábrica da Foxconn em Zhengzhou ser fortemente afetada devido a um surto de Covid-19 e as restrições tomadas para controlar o vírus.

A empresa de pesquisa TrendForce disse no sábado que a Apple decidiu contratar a Luxshare como uma das montadoras do próximo iPhone 15 Pro Max.

(Por Akash Sriram)