Apple lança MacBooks com chips M2 em evento raro em janeiro

Por Nivedita Balu

BENGALURU, Índia (Reuters) - A Apple lançou nesta terça-feira MacBooks equipados com os novos e mais rápidos chips M2 Pro e M2 Max, um lançamento surpresa semanas antes da prática normal da companhia.

A Apple costuma realizar seu primeiro evento do ano em março, quando lança iMacs e acessórios.

O novo Mac mini custa a partir de 599 dólares e estará disponível a partir de 24 de janeiro. O MacBook Pro de 14 e 16 polegadas com os chips mais recentes começam em 1.999 dólares, enquanto o modelo de 13 polegadas sai a 1.299 dólares.

"Tudo isso está ligado à transição atrasada do chipset ... Com o atraso na cadeia de suprimentos que forçou a Apple adiar o lançamento dos produtos, a empresa se deparou com as opções esperar pelo tradicional lançamento ou fazer algo um pouco inesperado", disse Runar Bjørhovde, analista da Canalys.

"Esta é uma ótima maneira de surpreender os consumidores e concorrentes", disse Bjørhovde, acrescentando que o anúncio pode gerar algum burburinho, num momento de fraquez do mercado de computadores pessoais.

As ações da Apple subiram cerca de 1%, mas perderam cerca de 27% em 2022, maior queda desde a crise financeira de 2008.

A Apple disse que o novo M2 Pro tem quase 20% mais transistores que o M1 Pro e o dobro do M2, o que ajuda programas como o Adobe Photoshop a executarem cargas de trabalho pesadas.