Apple pode entregar coroa da empresa mais valiosa do mundo à Microsoft

·2 min de leitura
Logo da Apple em loja da marca em Paris

Por Subrat Patnaik

(Reuters) - A Apple pode perder sua coroa de empresa de capital aberto mais valiosa do mundo para a Microsoft se as suas ações continuarem caindo quando o mercado abrir nesta sexta-feira.

Problemas na cadeia de fornecimento global prejudicaram as vendas da Apple durante o quarto trimestre fiscal, com o resultado do período frustrando expectativas de Wall Street. O presidente-executivo da companhia, Tim Cook, disse que o impacto será ainda pior no trimestre atual.

"Em comparação com os pares FAANG menos focados em hardware, a Apple também está muito mais exposta a interrupções na cadeia de suprimentos", disse Sophie Lund-Yates, analista de ações da Hargreaves Lansdown.

As ações da empresa recuavam 3,5%, para 147,30 dólares no pré-mercado, o que implica um valor de mercado da Apple de 2,417 trilhões de dólares se as perdas se mantiverem no pregão regular. As ações da Microsoft subiam 0,7%, para 324,60 dólares, equivalente a um valor de mercado de 2,437 trilhões de dólares.

A Apple, que recomprou 421,7 bilhões de dólares em ações ao longo dos anos, anunciou um programa de recompra de 90 bilhões de dólares em abril. Como resultado, o estoque de papéis em circulação da empresa continua diminuindo, encerrando seu quarto trimestre fiscal com 16,4 bilhões de ações.

As ações da Microsoft subiram mais de 45% este ano, com a demanda por seus serviços baseados em nuvem impulsionando as vendas. As ações da Apple subiram 15% até agora este ano.

O valor do mercado de ações da Apple ultrapassou o da Microsoft em 2010, quando o iPhone a tornou a principal empresa de tecnologia de consumo do mundo. As empresas se revezaram como os negócios mais valiosos de Wall Street nos últimos anos, com a Apple detendo o título desde meados de 2020.

Analistas dizem que a Apple administrou bem a questão da cadeia de suprimentos, mas com o CEO alertando sobre mais pressão, a porta está aberta para um golpe em seu desempenho com o início da temporada de festas.

Em contraste, a Microsoft estimou na terça-feira um final forte para o ano graças ao seu crescente negócio na nuvem, mas alertou que os problemas da cadeia de suprimentos continuarão afetando unidades importantes, como as que produzem seus laptops Surface e consoles de jogos Xbox.

(Reportagem de Subrat Patnaik e Sruthi Shankar em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos