Apple ‘redesenha’ câmera do iPhone e ‘turbina’ iPad

·7 minuto de leitura
A Apple, como tradição, apresentou os novos aparelhos iPhone, iPad e novos relógios Apple Watch, mas não fez nenhuma menção para a atualização dos sistemas operacionais (iOS 15, iPadOS 15 watchOS 8). (Reprodução / Apple)
  • Apple apresentou nova linha de produtos nessa terça-feira (14)

  • iPhone terá pouca mudança externa, mas companhia aposta nas mudanças internas

  • iPad e Apple Watch também foram apresentados; veja a análise

O evento mais esperado no mundo da tecnologia durou pouco mais de uma hora e trouxe mais produtos, mas sem muitas novidades exuberantes. A Apple, como tradição, apresentou os novos aparelhos iPhone, iPad e novos relógios Apple Watch, mas não fez nenhuma menção para a atualização dos sistemas operacionais (iOS 15, iPadOS 15 watchOS 8). Porém, após o evento, a companhia confirmou que os lançamentos serão em 20 de setembro.

Os novos produtos serão: iPhone 13, iPhone 13 mini, iPhone 13 Pro, iPhone 13 Pro Max, Apple Watch Series 7, iPad 9 e iPad mini 6. O AirPod 3, que vinha sendo bastante falado nas últimas semanas, ficará para um próximo momento. O Yahoo Finanças fez uma análise dos itens apresentados e você pode ficar por dentro de tudo que rolou no evento da Apple.

Melhoras na câmera e pouca mudança de design no iPhone 13

Com um design muito semelhante ao dos telefones do ano passado, a Apple está se apoiando em grandes atualizações internas nas linhas do iPhone 13 e do iPhone 13 Pro para deixar as pessoas animadas. Algumas das melhorias mais substanciais para os iPhones 2021 são encontradas nas câmeras, e a empresa anunciou hoje vários novos recursos que irão produzir melhores fotos e vídeos na família do iPhone 13.

O primeiro é um novo “modo cinematográfico” para um vídeo que replica o efeito de foco de rack comumente visto em filmes. O iPhone 13 faz uma transição suave entre o foco da frente e do fundo com base no que está ocorrendo no quadro. O sistema é inteligente o suficiente para mudar o foco quando um assunto desvia o olhar do telefone. Você também pode tocar manualmente para alterar ou travar o foco em seu assunto preferido. O modo cinematográfico também está disponível no iPhone 13 Mini.

Além disso, no iPhone 13 Pro, a Apple está introduzindo um recurso de macro fotografia que pode focar assuntos a até dois centímetros de distância da lente.

O 13 Pro também está ganhando novos “estilos fotográficos” que aplicam ajustes diferentes entre cenas e tipos de assunto, permitindo que você defina seus efeitos visuais favoritos e os mantenha em suas fotos futuras. Ainda este ano, a Apple lançará suporte de vídeo ProRes no iPhone 13 Pro e Pro Max, dando aos criadores de vídeo mais liberdade no pós-processamento.

Como no ano passado, o iPhone 13 básico virá em duas versões: o modelo “regular” de 6,1 polegadas e o iPhone 13 Mini de 5,4 polegadas menor. A tela é um painel OLED, embora seja mais brilhante do que nos últimos anos, enquanto as laterais ainda são de alumínio imprensado entre duas placas de vidro.

(Foto: Divulgação Apple)
(Foto: Divulgação Apple)

Os preços começam em R$ 7599 para o iPhone 13 e R$ 6599 para o iPhone 13 Mini. As opções de armazenamento para os modelos deste ano aumentaram, com a Apple oferecendo configurações de 128 GB, 256 GB e 512 GB para os dois modelos. As pré-encomendas do iPhone 13 e 13 Mini começarão nesta sexta-feira, dia 17 de setembro, antes da data de lançamento do dia 24 de setembro.

A maior mudança na verdade vem na forma de tecnologia de câmera lenta do iPhone 12 Pro Max do ano passado: o iPhone 13 básico ganhou a mesma câmera aprimorada que a Apple estreou com seu maior smartphone em 2020, com um sensor fisicamente maior para a câmera grande que é 47 por cento maior do que no ano passado, permitindo capturar mais luz em ambientes mais escuros com menos ruído.

O novo sensor amplo é uma lente de 12 megapixels com abertura de f / 1.6, enquanto a nova câmera ultra larga de 12 megapixels possui uma lente f / 2.4 mais rápida e campo de visão de 120 graus. O iPhone 13 também contará com a tecnologia de estabilização de deslocamento do sensor que a Apple lançou no ano passado no 12 Pro Max, que move fisicamente o sensor largo para reduzir as vibrações.

As novas câmeras também terão o recurso de “perfis fotográficos” que a Apple introduziu com os modelos iPhone 13 Pro e Pro Max, que permitem que você personalize a aparência de suas fotos ainda mais para obter mais consistência entre as fotos. Os preços para esses modelos serão R$ 9499 e R$ 10499, para os modelos mais simples.

Apple Watch 7 ganha tela maior para facilitar leitura e uso

O Apple Watch Series 7 parece um pouco diferente de seus predecessores. A tela agora vai virtualmente até a borda do case. Isso significa que embora o relógio não seja muito maior, tudo nele deve ser mais legível.

(Divulgação Apple)
(Divulgação Apple)

Os engastes ao redor da tela são mais finos, com apenas 1,7 mm, e o modo de tela sempre ligado é 70 por cento mais brilhante. A Apple afirma que você pode colocar 50 por cento mais texto na tela do que na Série 6. A nova tela também significa novas maneiras de interagir, com um teclado completo que suporta o toque.

Também é um pouco maior: a Série 7 vem em tamanhos de 41 mm e 45 mm. Isso é 1 mm a mais do que a Série 6. Além das mudanças acima, a Série 7 é muito parecida com a Série 6: os mesmos sensores e processadores e nada do grande redesenho quadrado que tem sido boato. Como a Série 6, a nova Série 7 também oferecerá até 18 horas de duração da bateria e incluirá um carregador que carrega via USB-C em vez de USB-A e carrega até 33 por cento mais rápido. O preço para o Brasil ainda não foi divulgado, mas nos Estados Unidos o modelo de saída custará US$ 399 (R$ 2100, aproximadamente).

O novo tablet também possui uma porta USB-C, Touch ID (sem Face ID), um novo sistema de alto-falantes com estéreo no modo paisagem e câmeras atualizadas de 12MP na frente e atrás. (Reprodução/Apple)
O novo tablet também possui uma porta USB-C, Touch ID (sem Face ID), um novo sistema de alto-falantes com estéreo no modo paisagem e câmeras atualizadas de 12MP na frente e atrás. (Reprodução/Apple)

iPad Mini terá 5G e uma tela ainda maior

O iPad Mini é atualmente o menor tablet da Apple, mesmo com o aumento de tamanho. Os rumores apontavam que a Apple estava considerando uma tela Mini LED no modelo, semelhante à de seu maior iPad Pro. Aqueles parecem ter errado o alvo; o novo Mini apresenta uma tela regular de Retina Líquida.

O novo tablet também possui uma porta USB-C, Touch ID (sem Face ID), um novo sistema de alto-falantes com estéreo no modo paisagem e câmeras atualizadas de 12MP na frente e atrás, incluindo um atirador com flash True Tone e gravação de vídeo 4K na parte traseira e uma nova câmera ultra-larga de 12MP na frente, que irá suportar o recurso Center Stage da Apple. Ele também suporta Wi-Fi 6 e 5G (com velocidades de download de até 3,5 gigabits por segundo), bem como o Apple Pencil de segunda geração, que se conecta magneticamente à lateral do chassi. O preço de saída no Brasil do modelo é de R$ 6199.

Este novo modelo é a nona geração do iPad que estreou em 2010 e apresenta um novo processador chamado A13 Bionic. (Reprodução/Apple)
Este novo modelo é a nona geração do iPad que estreou em 2010 e apresenta um novo processador chamado A13 Bionic. (Reprodução/Apple)

9ª geração do iPad terá chip A13 e nova câmera

Este novo modelo é a nona geração do iPad que estreou em 2010 e apresenta um novo processador chamado A13 Bionic. Além disso, há uma nova câmera frontal de 12 megapixels que suporta o recurso Center Stage, que estreou com o iPad Pro no ano passado. O resto do iPad de 9ª geração parecerá muito familiar para quem já viu um iPad nos últimos anos, completo com o mesmo botão home, engastes, câmera traseira única e porta Lightning que vimos antes.

A Apple diz que o novo processador é 20 por cento mais rápido do que o modelo anterior. A tela de 10,2 polegadas tem o mesmo tamanho e resolução de antes, mas agora oferece suporte ao recurso True Tone, que ajusta automaticamente a temperatura da cor da tela de acordo com a iluminação ambiente. O preço de saída no Brasil do modelo é de R$ 3999.

Tabela de preços

iPhone 13 Mini
R$ 6599 (128 GB)
R$ 7599 (256 GB)
R$ 9599 (512 GB)

iPhone 13
R$ 7599 (128 GB)
R$ 8599 (256 GB)
R$ 10599 (512 GB)

iPhone 13 PRO
R$ 9499 (128 GB)
R$ 10499 (256 GB)
R$ 12499 (512 GB)
R$ 14499 (1 TB)

iPhone 13 PRO Max
R$ 10499 (128 GB)
R$ 11499 (256 GB)
R$ 13499 (512 GB)
R$ 15499 (1 TB)

iPad 9ª geração
R$ 3999 (64 GB)
R$ 5599 (256 GB)

iPad Mini 6ª geração
R$ 6199 (64 GB)
R$ 7799 (256 GB)

Apple Watch 7
Preço no Brasil ainda não foi definido pela Apple

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos