Apple Watch salva vida de usuária no Reino Unido

Homem realizou um eletrocardiograma na mãe com o app ECG no relógio da Apple (Getty Image)
Homem realizou um eletrocardiograma na mãe com o app ECG no relógio da Apple (Getty Image)
  • Dono de um Apple Watch Series 8 diagnosticou doença cardíaca da mãe

  • O homem fez um exame utilizando o aparelho e detectou anormalidade

  • Mulher foi levada ao médico e fez o tratamento a tempo

Os relógios inteligentes podem ter muitas utilidades. Além de oferecer integração digital e algumas funções que facilitam o dia a dia, o dispositivo também pode ajudar em situações de emergência.

No Reino Unido, um usuário do novo Apple Watch Series 8 salvou a vida da mãe após o acessório detectar que ela não estava com uma condição cardíaca adequada.

“Meus pais estavam indo passar o fim de semana em Chester (Reino Unido) quando recebi uma ligação do meu pai dizendo que mamãe não estava se sentindo bem. Ele disse que ela estava muito tonta e como se seu coração estivesse batendo forte – eu disse a eles para encostarem e que eu estaria com eles o mais rápido possível’, contou Jason ao 9to5Mac.

Na ocasião, mediu a pressão arterial da mãe e avaliou a condição da mãe. Em um primeiro momento, tudo parecia estar dentro da normalidade. Depois, ele colocou o Apple Watch Series 8 no pulso dela e realizou um eletrocardiograma com o app ECG. O resultado mostrou que havia uma fibrilação arterial.

Ele repetiu o exame três vezes para ter certeza do resultado. Depois de descartar um falso positivo, ambos foram para pronto-socorro mais próximo. Durante a consulta, os médicos confirmaram o diagnóstico do relógio.

A mulher precisou realizar procedimentos, mas a identificação precoce garantiu que não houvesse grandes danos à saúde.

"Os especialistas do NHS que cuidaram dela disseram que, se não fosse pelo Apple Watch, há uma grande probabilidade de ela não ter passado o resto do dia”, contou Jason.