Apresentado, Mancini exalta o Grêmio e elogia elenco do clube: 'Tem condições de começar uma reação'

·2 min de leitura


Brigando contra o rebaixamento no Brasileirão, o Grêmio não perdeu tempo em relação ao novo técnico da equipe. Após anunciar Vagner Mancini na tarde desta sexta-feira, ele foi apresentado horas depois. Isso após já ter comandado o primeiro treino do time. O treinador falou sobre os motivos de ter aceitado a proposta do Tricolor gaúcho.

- O que me fez aceitar? O tamanho do clube. Falo com muito orgulho que já vesti esta camisa e participei de conquistas. Foi um dos fatores. A saída do América-MG foi muito leal. Sempre dialogamos com respeito. Quando você faz de peito aberto, olho no olho, sai da melhor forma - disse Mancini em coletiva, destacando também que pesou na escolha o elenco do clube.

- Não tenha dúvidas que o que pesou foi o conhecimento que tenho do grupo do Grêmio. Não vive um bom momento, mas tem condições de começar uma reação, que precisa ser incrível a partir de domingo.

Vagner Mancini - Grêmio
Vagner Mancini - Grêmio

Apresentação de Vagner Mancini (FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

Com poucos jogos até o fim do Brasileirão e sem muito tempo para treinar, Mancini disse que a principal mudança precisa ser de atitude. Segundo o treinador, ele tem que trabalhar a parte mental dos jogadores.

- Não tenho como fazer grandes mudanças táticas e treinamento em dois dias. A mudança precisa ser de dentro para fora, de mentalidade, atitude. Isso se consegue com treinos, concepção de jogo. Neste momento, eu não teria como exemplificar. Preciso atuar na parte emocional do atleta. Todos já jogaram e fizeram boas atuações neste ano. Precisamos resgatar o que eles têm de melhor. Um resgate coletivo, não individual - explicou o técnico, que comentou ainda em como pretende que seu time seja.

– O time do Mancini será sempre ofensivo. Ofensivo no que pede a partida. O time precisa ser agressivo em todos os momentos, seja para frente ou para trás, na hora de se defender. O jogo é dividido em duas partes, com e sem a bola. Com a bola, temos que jogar. Temos jogadores dotados. Sem a bola, precisamos gerar desconforto. Precisamos agregar parte tática. Não há muito tempo. Conto com o lastro de um grupo que passou por vários treinadores – revelou Mancini.

Vagner Mancini será o quarto treinador do Grêmio em 2021 (o clube ainda teve Renato Gaúcho, Tiago Nunes e Felipão). Com contrato até dezembro de 2022, ele chega com o auxiliar técnico Regis Angelis, o analista de desempenho Claudio Andrade e auxiliar de preparação física Lucas Itaberaba.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos