Apresentado no Flamengo, Vítor Pereira se defende de críticas por saída do Corinthians: 'Não houve mentira'

O técnico Vítor Pereira, apresentado nesta terça-feira como novo técnico do Flamengo, falou pela primeira vez sobre a saída do Corinthians rumo ao rubro-negro. Quando deixou o clube paulista, ao fim da temporada, o português alegou que enfrentava um problema de saúde em sua família e, por isso, retornaria a Portugal. Ao topar a proposta da equipe carioca, porém, ele revoltou dirigentes e torcedores do Timão.

— Eu e a minha equipe técnica viemos por um ano para conhecer o futebol brasileiro e ver se havia nível técnico. O contrato era de um ano, não de dois ou três, e esse ano de contrato foi cumprido na íntegra com responsabilidade, dedicação, sofrimento. O que eu falei foi que eu acabaria o contrato e iria para casa e, infelizmente, minha família lida com uma situação séria, e pelo desgaste que eu sei que essa situação de saúde provoca em toda a minha família, eu fui dizendo sempre que iria para casa para os apoiar. Isso foi sempre muito claro e sempre fui muito honesto dentro do clube ao dizer que a minha decisão seria voltar para Portugal — justificou.

A negociação gerou polêmica desde o início, já que Vítor sinalizou uma necessidade de retorno ao país, por conta das questões pessoais. Torcedores do clube paulista o criticaram nas redes após acerto com o Flamengo. Contudo, o treinador negou que tenha a situação seja mentirosa e disse que só deve satisfação para sua família.

— Não houve mentira absolutamente nenhuma. Depois de o campeonato ter acabado, surge um clube da dimensão do Flamengo e surge a primeira conversa que tivemos, e eu fiquei a pensar. De fato, a proposta profissional. O Flamengo tem pela frente um ano de grandes desafios e tem um elenco de grande qualidade. Do ponto de vista profissional, acho que não tem nenhum treinador no mundo que não ficaria pensando sobre uma oportunidade dessa. Com quem eu tinha que falar era a minha família, com quem eu tenho compromisso. Não devo nada a ninguém, dei tudo de mim — completou Vítor Pereira.

Depois do posicionamento do técnico, a assessoria do Flamengo informou que Vítor não responderia mais perguntas sobre o caso. Um profissional chegou a fazer outro questionamento, mas não obteve a resposta do português.

Vítor Pereira chega para comandar um elenco atual campeão da Copa do Brasil e da Libertadores, com o Mundial de Clubes relativo à temporada 2022 ainda a ser disputado. Na temporada passada, o português levou o Corinthians às quartas da Libertadores, à final da Copa do Brasil e à quarta posição no Brasileirão — nas duas primeiras, acabou eliminado justamente para o Flamengo. Pelo time paulista, foram 64 jogos, 26 vitórias, 21 empates e 17 derrotas.