Apresentadora do Globoplay relata racismo e xenofobia ao chegar em Portugal

Resumo da Notícia:

  • Ana Paula Xongai foi barrada pela Polícia Federal de Portugal

  • A influenciadora ficou detida em uma sala por 7 horas

  • Em seu relato, ela diz que somente pessoas pretas foram paradas pelos oficiais

A influencer e apresentadora Ana Paula Xongani foi barrada pela imigração de Portugal e ficou detida por sete horas na sala da Polícia Federal local assim que desembarcou no país europeu. Em um desabafo comovente feito no Instagram, ela disse ter sido vítima de racismo e xenofobia.

"Fui parada na imigração, fiquei 7 horas numa salinha com outros brasileiros negros. Tirem aí suas próprias conclusões sobre xenofobia e racismo, e essa foi a minha recepção a Europa", disse ela em uma sequência de Stories.

No post que fez no feed da rede social, ela deu mais detalhes sobre a viagem, que ela classificou como traumática. Durante a longa espera, ela sofreu com fome e ansiedade.

"Minha chegada a Portugal foi traumática, fui encaminhada pra tal salinha da polícia federal onde lá estavam mais 6 negros todos brasileiros, e por lá fiquei por 7 horas sem saber se seguiria viagem?! Fome, medo, angustia, ansiedade, estresse... O motivo? Simples! Uma mulher, brasileira, preta e casada não coincide com a história que eles esperam. Eles não contavam que essa mesma pessoa podia ter pago sua própria viagem, possuía dinheiro, decidiu viajar em marido e filha, estadia e principalmente liberdade pra viver uma viagem de férias!", desabafou.

No texto, Ana Paula diz que graças ao volume de seguidores ela conseguiu provar que era uma pessoa conhecida no Brasil, que tinha emprego e condições de arcar com os custos de sua própria viagem.

"Dei sorte de ter o mínimo, um atendente disposto a descobrir quem eu sou pra além da sua imaginação estereotipada sobre mim!, comentou ela no Instagram.

Ela aproveitou o momento do desabafo para falar sobre o preconceito que as mulheres pretas sofrem para se verem livres dos estereótipos e se provarem capazes de construir suas próprias histórias.

"Se o mundo ainda não está preparado pra ver potência em uma mulher preta, que tenhamos uma rede forte pra nós trazer sustentação…entenderam?! Todas essas pessoas aí em cima fizeram qualquer coisa pra eu estar aqui. Foi forte!"