Apresentadores do JN usam 40% da entrevista com Ciro Gomes apenas para perguntas

Reprodução/TV Globo

A série de entrevistas com presidenciáveis promovida pelo Jornal Nacional, da TV Globo, teve como estreante o candidato do PDT, Ciro Gomes, na noite da última segunda-feira (27). Dos 27 minutos concendidos ao encontro, no entanto, ao menos 11 minutos e 30 segundos foram gastos apenas com a elaboração das perguntas por parte dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos — mais de 40% do tempo da entrevista. O levantamento foi feito pelo colunista Maurício Stycer, do Uol.

Ciro Gomes teve, no total, 15 minutos e 30 segundos para responder aos questionamentos. Ao indagar sobre como o candidato pretende lidar com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), ao qual havia prometido, no debate da TV Band no início do mês, aliviar a política de refinanciamento das dívidas, Bonner elaborou uma pergunta de 2 minutos e 30 segundos. O presidenciável do PDT teve apenas 1 minuto e 40 segundos de resposta.

Saiba mais:
Confrontado com acusações contra Lupi, Ciro diz ter total confiança em aliado
Ciro Gomes diz que ‘colocará o Ministério Público e a justiça de volta na caixinha’

Como as entrevistas são realizadas ao vivo logo na abertura do telejornal, há bastante rigidez em relação ao tempo concedido para as respostas. No entanto, a disparidade em relação à duração das perguntas chamou a atenção de internautas.

“Se Bonner fosse jornalista, faria o certo, que é perguntar forte e ouvir o entrevistado”, escreveu um dos usuários do Twitter.

Outra internauta questionou se Bonner seria o entrevistado em questão.

Além de Ciro Gomes, também foram convidados para as entrevistas do telejornal outros candidatos, entrevistados na seguinte ordem: Jair Bolsonaro (PSL) nesta terça (28), Geraldo Alckmin (PSDB) na quarta (29) e Marina Silva (Rede) na quinta (30).