Aquecimento global promove a seca de dois lagos na Hungria

Pode parecer uma visão pós-apocalíptica, mas é a realidade no nordeste da Hungria. Lagos secos e restos de peixe, numa paisagem desértica. Nas últimas semanas, dois populares lagos de pesca do país praticamente desapareceram devido à falta de precipitação provocada pelo aquecimento global. As pessoas que costumavam frequentar o lago Vekri dizem-se chocados com a situação.

No espaço de um mês, caíram menos 50 ml de chuva do que o habitual e este défice trouxe graves consequências para a fauna e flora locais. Do outro lado do país, no sudoeste, o lago Bic Sedi vai pelo mesmo caminho. Os cisnes buscam desesperadamente por comida, numa superfície agora árida. Antes da seca, o lago estava repleto de peixes. A falta de água também afeta diretamenta a agricultura e os produtores estão preocupados.

Após cada operação, selamos a camada superior do solo para evitar a evaporação da pouca água. Infelizmente, este ano não houve nada para evaporar, não havia reservas. No Inverno, o solo não conseguiu absorver água como de costume.

Com a guerra na Ucrânia a comprometer colheitas, seca e as perdas agrícolas na Hungria agravam ainda mais a situação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos