Arábia Saudita libera importações de carne bovina do Brasil

Frigorífico do grupo Marfrig em Promissão, São Paulo. 07/10/2011 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - A Arábia Saudita liberou nesta segunda-feira as importações de carne bovina in natura do Brasil, informou o Ministério da Agricultura brasileiro após assinatura de um novo modelo de Certificado Sanitário Internacional em Riad. Segundo o ministério, o Brasil tem potencial para exportar 50 mil toneladas de carne bovina ao ano para a Arábia Saudita, com valor estimado em 170 milhões de dólares. O país muçulmano já é um grande importador de carne de frango do Brasil. A Arábia Saudita havia suspendido a compra de carne bovina brasileira em 2012, após um caso atípico de doença da vaca louca. "O fim do embargo à carne brasileira representa abertura não apenas do mercado saudita, mas de todos os países do Golfo", disse o ministério em nota. A pasta disse ainda que pretende colocar fim a todos os embargos feitos à carne brasileira. "A Arábia Saudita era um dos últimos países que nos faltava. O último será o Japão, onde deveremos abrir o mercado para nossa carne processada", afirmou também em nota a ministra Kátia Abreu, que está na Arábia Saudita. (Por Gustavo Bonato)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos