Helicóptero da polícia cai na Turquia com 12 pessoas a bordo

Ancara, 18 abr (EFE).- Um helicóptero que transportava 12 pessoas, a maioria delas policiais, caiu nesta terça-feira na montanhosa província de Tunceli, no centro de Anatolia, informou o escritório do governador estadual em um comunicado.

O helicóptero transportava sete polícias, um juiz, um sargento e outros três tripulantes, e os controladores de voo perderam sinal com a aeronave dez minutos depois da decolagem, que ocorreu no município de Pülümür, no leste da província de Tunceli.

O comunicado do governador aponta para as "condições aéreas" nessa área montanhosa como causa do acidente, enquanto que a rede "CNNTürk" afirma que na zona havia uma densa neblina.

A aeronave decolou de Pülümür por volta das 8h40 GMT (5h40, em Brasília) e dirigia-se a Ovacik, um município situado a 60 quilômetros ao leste, ao outro lado do maciço de Munzur, com cumes de até 3,4 mil metros.

Segundo a emissora, o helicóptero, um Sikorsky S-70 pertencente à Direção Geral da Polícia de Tunceli, caiu de 2,5 mil metros de altura, em uma zona que não há estradas.

As autoridades enviaram equipes de resgate, também de helicóptero, desde as províncias próximas de Erzurum e Diyarbakir, porque o terreno não permite enviar ambulâncias.

Por enquanto, trabalha-se com a hipótese de um acidente, mas a província de Tunceli faz parte das regiões nas quais opera o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda, e são registrados com certa frequência tiroteios entre militares e guerrilheiros nestas montanhas. EFE