Arábia Saudita suspende restrições de capacidade para peregrinação do Hajj

A Arábia Saudita levantou as restrições de capacidade para a peregrinação do Hajj este ano, prevista para junho, anunciou um ministro saudita nesta segunda-feira (9), depois de três anos de restrições pela pandemia de covid-19.

"O número de peregrinos voltará ao nível de antes da pandemia, sem nenhum limite de idade", declarou o ministro responsável pelo Hajj, Tawfiq Al Rabiah, em uma coletiva de imprensa em Riade.

No ano passado, cerca de 900.000 fiéis, entre eles 780.000 estrangeiros que participaram de um sorteio, foram recebidos em Meca, o principal lugar sagrado do islã, desde que fossem menores de 65 anos, estivessem vacinados e apresentassem um exame PCR negativo.

Em 2021, apenas 60.000 moradores do país puderam realizar esta grande peregrinação anual devido às limitações da pandemia e, em 2020, este número foi reduzido para 1.000. Em 2019, 2,5 milhões de muçulmanos de todo o mundo participaram deste rito, que é um dos cinco pilares do islã.

ht/saa/hj/an/mb/rpr/mvv