Arábia Saudita desenvolve jovens atletas e projeta ser "favorita" até a Copa de 2034

Arábia Saudita está desenvolvendo o futebol desde 2019 (Photo by Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images)
Arábia Saudita está desenvolvendo o futebol desde 2019 (Photo by Pablo Morano/BSR Agency/Getty Images)

A Arábia Saudita chocou o planeta ao vencer a favorita Argentina, de virada, na abertura do Grupo C da Copa do Mundo do Catar. Só que por trás dessa vitória, há todo um programa de desenvolvimento do futebol acontecendo no país desde o fracasso na Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

No ano seguinte ao Mundial da Rússia, a Federação de Futebol da Arábia Saudita demitiu o técnico Juan Antonio Pizzi e contratou o atual Hervé Renard. No mesmo ano foi anunciada a criação do Centro de Desempenho de Elite, que concedia bolsas de intercâmbio na Espanha para jogadores da seleção sub-20. O país criou um centro de treinamento em Salou, na Espanha, para que os jogadores pudessem treinar.

"Esta bolsa de estudos de quatro anos é sobre o crescimento de nossos jovens jogadores, para que eles estejam imersos em uma cultura de futebol total do mais alto padrão em termos de treinamento, desenvolvimento, preparação física, saúde e profissionalismo", explicou o Príncipe Abdulaziz Bin Turki AlFaisal Al Saud, presidente da Autoridade Geral de Esportes da Arábia Saudita (GSA).

Leia também:

Neste processo de desenvolvimento do futebol local, a Federação da Arábia Saudita contratou Nasser Larguet como diretor técnico no primeiro semestre de 2022. O francês, que exerceu essa função na seleção de Marrocos e no Olympique de Marselha. Sob seu trabalho, os marroquinos se classificaram para a Copa do Mundo de 2018, depois de 20 anos ausente do principal torneio futebolístico do mundo.

Ao mesmo tempo que Larguet foi contratado, a Federação abriu 22 centros regionais, trabalhando com jovens talentos desde os seis anos de idade. "O cenário do futebol saudita está atualmente passando por uma transformação massiva, já que nossa ambição é nos tornarmos competidores genuínos no cenário global. A contratação de Nasser Larguet reforça nosso sucesso até agora e representa um marco importante no caminho que estamos trilhando”, disse Yasser Al-Misehal, presidente da Federação de Futebol da Arábia Saudita.

O planejamento do país é que até 2034 a seleção chegue como favorita a conquistar uma edição da Copa do Mundo. "A transformação já está colhendo resultados, pois abrimos um total de 22 centros regionais em todo o país que irão apoiar na busca e desenvolvimento de talentos sauditas. Nossas seleções nacionais também estão desfrutando de um sucesso sem precedentes em todos os níveis, já que a seleção olímpica Sub-23 esteve presente nas Olimpíadas de Tóquio 2020 pela primeira vez após 24 anos, nossa seleção masculina acaba de realizar a melhor campanha saudita de qualificação para a Copa do Mundo de todos os tempos", explicou Yasser.

Antes do início da Copa do Catar, uma delegação da Federação visitou diversos países europeus para conhecer as estruturas que são desenvolvidas e trocar informações com os dirigentes esportivos em cada local.

"Isso pode nos ajudar a estar melhor equipados enquanto procuramos desenvolver nosso jogo em todos os níveis, incluindo infraestrutura, ciência, inovação, tecnologia e governança. Também estamos ansiosos para que o mundo saiba mais sobre o futebol saudita, que continua a desempenhar um papel de liderança no nível continental asiático, e temos planos sólidos e ambições de crescer e desenvolver além disso", disse o presidente da Federação.

Convocados atuam no país

Todos os 26 convocados para representar a Arábia Saudita nesta Copa do Mundo atuam no país. Por ser um país que paga altos salários para os jogadores de futebol, a ida para o exterior não é interessante para os jogadores.

Além disso, dos 26 jogadores, cinco tem menos de 23 anos. Ou seja, são jogadores que começaram a absorver os processos que são desenvolvidos no país desde 2019.

O próximo desafio da Arábia Saudita é contra Polônia, na 2ª rodada do Grupo C. A partida irá ocorrer no próximo sábado (26), às 10 horas.