1 / 14

Aracnídeo bizarro

Aracnídeo intriga a web

Aracnídeo com cara de cachorro é encontrado na Amazônia

Um aracnídeo bizarro, com uma cabeça semelhante a de um cachorro ou de um coelhinho preto, está intrigando a internet. O pequeno bicho foi encontrado na floresta amazônica no Equador e fotografado e filmado por Andres Kay em 2017.

A criatura foi descrita pela primeira vez em 1959 pelo zoólogo alemão Carl Friedrich Roewer, e é mais conhecida pelo seu nome científico Metagryne bicolumnata, segundo o site Newsweek.

Seu abdômen escuro apresenta duas protuberâncias que se assemelham a orelhas de coelho ou de cachorro. Duas pequenas manchas amarelas parecem os olhos de um rosto.

Apesar da aparência assustadora para alguns, o animal não possui veneno e é completamente inofensivo para os humanos.

De acordo com especialistas da Universidade da Califórnia Riverside os fósseis do aracnídeo indicam que ele existe por cerca de 400 milhões de anos.