Aras coloca ex-diretor da Abin em comissão de órgão do Ministério Público

MARIANA CARNEIRO, GUILHERME SETO E NATHALIA GARCIA
·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 18.03.2020 - O procurador-geral da República, Augusto Aras, durante evento no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 18.03.2020 - O procurador-geral da República, Augusto Aras, durante evento no Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O procurador-geral da República, Augusto Aras, designou Wilson Roberto Trezza, ex-diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), para comissão de órgão do Ministério Público.

Trezza, que ficou no comando da Abin durante oito anos, até o afastamento de Dilma Rousseff, atuará como colaborador eventual em Comissão de Preservação da Autonomia do Ministério Público. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quarta-feira (12).

Em nota, a PGR diz que Wilson Roberto Trezza foi nomeado a pedido do conselheiro do CNMP Marcelo Weitzel. O procurador-geral da República assina a portaria na condição de presidente do conselho. “Como colaborador, não cumprirá expediente, não terá vinculação direta nem receberá salário.”